PUBLICIDADE

Federação Britânica quer levar final da Liga dos Campeões para a Inglaterra

Jogo entre Manchester City e Chelsea está marcado para ocorrer em Istambul, na Turquia

7 mai 2021 15h13
| atualizado às 15h13
ver comentários
Publicidade

A final da Liga dos Campeões entre Chelsea x Manchester City, dia 29, poderá ser transferida de Istambul para a Inglaterra. A Federação Britânica (FA) negocia com a Uefa a alteração depois que o governo do Reino Unido incluiu a Turquia na 'lista vermelha de viagens'.

O anúncio foi feito pelo ministro britânico de Transportes, Grant Shapps, nesta sexta-feira, em entrevista coletiva. Com a Turquia na lista vermelha só serão permitidas viagens em casos excepcionais e as pessoas que retornam para o Reino Unido terão de cumprir isolamento de dez dias em hotéis disponíveis pelas autoridades, com o custo de 1.750 libras por pessoa. (cerca de R$ 12,7 mil).

"Estamos abertos a receber a final, mas é uma decisão da Uefa", disse Shapps, antes de relembrar que o Reino Unido já permite a presença de público reduzido em jogos de futebol. Ao mesmo tempo, o ministro afirmou que não permitiria a viagem de torcedores para Istambul.

Presente pela terceira vez em uma decisão de Liga dos Campeões, o Chelsea busca a segunda taça, tentando repetir o feito de 2012. Já o City, do técnico Pep Guardiola, vai tentar o principal título de clubes da Europa pela primeira vez.

A última vez que dois clubes ingleses decidiram o título da Liga dos Campeões foi em 2019, quando o Liverpool derrotou o Tottenham por 2 a 0, no Wanda Metropolitano, em Madrid, na Espanha.

Estadão
Publicidade
Publicidade