0

A caminho de rival, Willian confirma saída do Chelsea: 'Chegou o momento'

Meiocampista brasileiro deve fechar com o Arsenal, segundo canal de televisão

9 ago 2020
16h39
atualizado às 16h39
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O brasileiro Willian confirmou neste domingo sua saída do Chelsea. O meio-campista usou as redes sociais para se despedir do clube inglês. "Foram sete anos fantásticos. Agora chegou o momento de ir embora", despediu-se o meia de 32 anos por meio de uma carta aberta.

"Tenho certeza que vou sentir muita falta dos meus companheiros, dos torcedores e de todos os funcionários do clube, que sempre me trataram como um filho. Mas saio com a cabeça erguida, pois sei que venci aqui e dei o meu melhor vestindo essa camisa em todos os momentos", declarou o jogador.

O contrato do brasileiro terminava ao fim da atual temporada e havia sido ampliado até o término das competições oficias, devido às mudanças no calendário provocadas pela pandemia do novo coronavírus. Com a eliminação do Chelsea na Liga dos Campeões, o meia ficou livre no mercado.

"Foram muitos momentos felizes, alguns tristes, e sempre momentos muito intensos. Mais do que títulos, eu conquistei aprendizado. Evoluí muito, me tornei um jogador melhor, uma pessoa melhor. Em cada treino, cada jogo, eu cada momento no vestiário eu aprendi", diz o comunicado.

AN OPEN LETTER TO THE FANS OF CHELSEA FOOTBALL CLUB . . They were seven wonderful years. In August 2013 when I received the offer from Chelsea, I was convinced that this was where I had to play. Today I am certain that it was the best of decisions. There were so many happy times, some sad, there were trophies and it was always very intense. . . Yet, beyond the trophies, I learnt a lot about myself. I developed a great deal, becoming a better player and a better person. With each training session, with each game, with every minute spent in the dressing room, I was always learning. . . I am really grateful to the Chelsea fans for the affectionate way they welcomed me at Stamford Bridge and their support throughout my time at the club. There was also criticism, which is normal, what is important though is that both the affection and criticism drove me to always give my all in every training session, every game, to be constantly improving until my very last minute in a Chelsea shirt! . . The time has now come to move on. I am certainly going to miss my teammates. I will miss all the staff at the club who've always treated me like a son and I will miss the fans. I leave with my head held high, safe in the knowledge that I won things here and always did my best in a Chelsea shirt! . . My heartfelt thanks go out to all of you and God bless you! . Willian Borges da Silva

Uma publicação compartilhada por Willian Borges Da Silva (@willianborges88) em

De acordo com a imprensa local, o técnico Frank Lampard tentou convencer Willian a seguir no clube, mas as negociações não avançaram. O atleta pretendia uma renovação por três temporadas, enquanto a diretoria ofereceu um contrato por mais dois anos.

Willian chegou a ter o nome especulado em clubes como Barcelona, Juventus, Paris Saint-Germain e Manchester United durante a pausa no futebol europeu, mas o destino mais provável do armador é o Arsenal. De acordo com a ESPN, o rival londrino do Chelsea já chegou a um acordo com o meia pelas próximas três temporadas.

"Agradeço muito aos torcedores pela forma carinhosa que me receberam e me trataram ao longo desse período. Também sofri críticas, o que é natural, mas o importante é que tanto o carinho como as críticas foram sempre o meu combustível para dar o meu máximo em cada treino, em cada jogo e evoluir até o último minuto que vesti essa camisa", concluiu o jogador.

Willian deixa o Chelsea com 339 jogos disputados, 63 gols e 62 assistências. Em sete temporadas pelo time, ele conquistou duas vezes o Campeonato Inglês, uma Liga Europa, uma Copa da Inglaterra e uma Copa da Liga Inglesa.

Thanks for everything @chelseafc and Chelsea fans!!! #CFC #thankyou #chelseafc

Uma publicação compartilhada por Willian Borges Da Silva (@willianborges88) em

Veja também:

Newell’s Old Boys sonha com retorno de Messi
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade