PUBLICIDADE

'Ele tinha partido, fizemos a manobra de ressuscitação', disse médico da Dinamarca sobre Eriksen

Meia teve um mal súbito na partida contra a Finlândia, no último sábado, pela Eurocopa

13 jun 2021 14h08
| atualizado às 14h18
ver comentários
Publicidade

Martin Boesen, médico da seleção dinamarquesa, participou de coletiva de imprensa neste domingo para explicar o ocorrido com o meia Christian Eriksen, no último sábado, em partida entre Dinamarca e Finlândia. Segundo Boesen, a equipe médica ressuscitou o atleta de 29 anos.

Eriksen teve um mal súbito durante partida entre Dinamarca e Finlândia (Foto: FRIEDEMANN VOGEL / AFP / POOL)
Eriksen teve um mal súbito durante partida entre Dinamarca e Finlândia (Foto: FRIEDEMANN VOGEL / AFP / POOL)
Foto: Lance!

- Ele ainda está estável e, dentro das circunstâncias, está bem. Conversei com Christian várias vezes e ele conversou com os jogadores. Ele continuará sendo observado, e os exames estão OK, ao que parece - disse o médico da seleção, antes de complementar:

- Ele tinha partido, e fizemos a manobra de ressuscitação. O trouxemos de volta rapidamente. Foi muito rápido. Sobre os detalhes... Não sou cardiologista. Os detalhes eu preciso deixar para os especialistas do hospital - emendou Martin Boesen.

Eriksen teve um mal súbito e caiu em campo no fim do primeiro tempo da partida. O atendimento médico no gramado durou cerca de 15 minutos e em seguida, o meia foi levado ao hospital, onde segue estável e consciente.

Lance!
Publicidade
Publicidade