1 evento ao vivo

Fortaleza entra com representação contra juiz que apitou Clássico-Rei

5 fev 2018
17h23
atualizado às 17h23
  • separator
  • comentários

A atuação do árbitro César Magalhães na derrota do Fortaleza para o Ceará por 2 a 0, no último domingo, pelo Campeonato Cearense, deixou os torcedores e a diretoria do Leão do Pici indignados. O time entrou com uma representação na Federação Cearense de Futebol (FCP) contra o juiz pedindo para que o mesmo não apite mais jogos da equipe.

"O Fortaleza Esporte Clube oficializa à Presidência da Federação Cearense de Futebol e à Comissão de Arbitragem o veto ao árbitro César Magalhães em seus jogos por erros cometidos no Clássico-Rei do último domingo", afirmou o clube em nota.

Os principais lances reclamados pelo Fortaleza ocorreram na etapa inicial. O primeiro, quando o Ceará já ganhava por 1 a 0, foi o suposto pênalti não marcado em Alípio, que ainda resultou, na sequencia, no segundo tento da equipe alvinegra. Outra reclamação foi a expulsão do artilheiro Gustavo, logo aos 5 minutos do primeiro tempo, após uma disputa com o volante Pedro Ken em que o mesmo deu um pisão, por trás, no calcanhar do adversário.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade