PUBLICIDADE

Final no Chile é suspensa por violência e fogo em estádio

Torcedores do Colo-Colo brigaram com policiais e seguranças e provocam incêndio nas arquibancadas do Estádio Nacional de Chile

12 fev 2024 - 16h40
Compartilhar
Exibir comentários
Resumo
Na Supercopa do Chile 2024 Arturo Vidal, ex-Flamengo, marcou um dos gols da partida virtória parcial do time, mas houve confusão entre torcedores e policiais e incêndio nas arquibancadas, o que resultou na suspensão do jogo pela equipe de arbitragem.
Foto: Reprodução

A disputa da Supercopa do Chile 2024 entre Colo-Colo e Huachipato foi suspensa por conta de alguns incidentes no Estádio Nacional, em Santiago. No domingo, 11, houve confusão entre torcedores e policiais, que resultou em incêndio nas arquibancadas

Arturo Vidal, ex-Flamengo, marcou um dos gols da partida, de pênalti um dos gols da vitória parcial do time (o outro foi de Palacios). Foi a estreia do chileno contratado no início deste ano e apresentado pelo clube com direito a helicóptero e cavalo.

Antes do início da Supercopa, já havia confusão no setor onde estava a torcida organizada do Colo-Colo. Torcedores chegaram a entrar em conflito com as forças de segurança presentes no local e tentaram entrar no gramado.

Após cerca de meia hora de paralisação mais atraso de 15 minutos do início do segundo tempo, o juiz tentou recomeçar o confronto, mas sem sucesso. Um incêndio estourou em uma das alas do estádio, com a equipe de arbitragem decidindo pela suspensão aos 31 minutos do segundo tempo. 

Sport, Fortaleza e Ceará querem título nacional; entenda a movimentação dos clubes Sport, Fortaleza e Ceará querem título nacional; entenda a movimentação dos clubes

"Em outros lugares, outras medidas são tomadas. Temos que tomar muito cuidado na hora de analisar o que aconteceu", afirmou Arturo Vidal, aos jornalistas após a suspensão do jogo.

De acordo com a Federação de Futebol do Chile (ANFP), todos os dispositivos de segurança foram cumpridos. Cerca de 11 seguranças privados e outros 11 policiais foram feridos. 

A data para a disputa do tempo que restou da Supercopa do Chile ainda vai ser definida. O presidente da ANFP, Pablo Milad, já adiantou que não haverá a presença do público.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade