3 eventos ao vivo

Crise no Vitória tem vexame, renúncia e futuro incerto

25 mar 2015
09h08
atualizado às 09h34
  • separator
  • 0
  • comentários

Eliminado pelo Colo Colo de Ilhéus nas quartas de final do Campeonato Baiano, o Vitória vive um ambiente muito agitado nos bastidores do clube. O presidente Carlos Sergio Falcão entregou uma carta renúncia na última segunda-feira e o clube rubro-negro passará por um novo pleito que deve acontecer no dia 31 de março.

Falcão alegou os maus resultados para sua saída da presidência do clube. O mandato de  terminaria em 2016, caso ele seguisse no comando do Vitória. O novo presidente a ser escolhido na próxima semana ficará apenas até o período anteriormente estipulado.

“Deixo a presidência com tristeza pelos maus resultados, mas pensando na união do clube e com a consciência tranquila de que não faltou trabalho, seriedade e comprometimento. Tenho certeza que em breve os resultados positivos chegarão, pois estamos estruturados para isso. Estarei à disposição do meu sucessor para ajudá-lo no que for possível durante o período de transição", explicou Falcão em nota.

Presidente em exercício, Silvoney Sales, se reuniu com jogadores
Presidente em exercício, Silvoney Sales, se reuniu com jogadores
Foto: EC Vitória/Divulgação / Divulgação

Carlos Sergio Falcão foi aclamado presidente do Vitória em dezembro de 2013. O trabalho do dirigente na parte organizacional do clube é elogiado, mas não refletiu tanto dentro das quatro linhas.

Na temporada passada, o Vitória colecionou fracassos. Eliminado nas quartas de final da Copa do Nordeste com uma goleada de 5 a 1 para o Ceará, perdeu a final do Campeonato Baiano para o rival Bahia, foi eliminado ainda na primeira fase da Copa do Brasil para o modesto J. Malucelli-PR e acabou rebaixado para a Série B no Campeonato Brasileiro.

Em 2015, o time rubro-negro não conseguiu engrenar e apesar de avançar para o mata-mata da Copa do Nordeste, a eliminação no Campeonato Baiano foi a gota d'água para a gestão do então presidente. “Ele estava sofrendo com muitas críticas, houve manifestação da torcida e até ameaças. Isso porque perdemos a classificação no Campeonato Baiano depois de ter vencido o primeiro jogo do Colo Colo em Ilhéus”, explicou Silvoney Sales.

<p>Jussimar anotou um dos gols na vitória do Colo Colo, resultado estopim para renúncia de Carlos Sergio Falcão</p>
Jussimar anotou um dos gols na vitória do Colo Colo, resultado estopim para renúncia de Carlos Sergio Falcão
Foto: Edson Ruiz / COOFIAV / Gazeta Press

Com a saída de Falcão, o Vitória será comandado interinamente pelo presidente em exercício do Conselho Deliberativo do Vitória, Silvoney Sales. O dirigente está à frente do processo de transição e explicou que uma nova eleição está marcada para o dia 31 de março.

O edital de convocação dos conselheiros do clube para a assembleia que definirá o próximo presidente será publicado em um jornal de Salvador nesta quarta-feira com as regras do pleito. Dois nomes estão cotados para disputar a vaga, sendo que ainda não foram oficializados, o de Raimundo Viana, integrante do Conselho Fiscal, e o de Ivan de Almeida, conselheiro do clube.

Futebol

Silvoney Sales se reuniu com jogadores líderes do elenco rubro-negro na tentativa de passar tranquilidade no momento de transição. A intenção é de que a situação política não amplie a crise dentro de campo.

O técnico Claudinei Oliveira foi contratado há uma semana e viu a equipe ser eliminada do Campeonato Baiano logo em sua estreia. A princípio, a situação de Claudinei não deve ser afetada também com a troca do presidente.

<p>Claudinei Oliveira chegou ao clube há uma semana</p>
Claudinei Oliveira chegou ao clube há uma semana
Foto: Vitória / Divulgação

Confira o edital publicado:

EDITAL

ESPORTE CLUBE VITÓRIA

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DA REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA

PARA ELEIÇÃO DO PRESIDENTE DO CONSELHO DIRETOR

Pelo presente EDITAL DE CONVOCAÇÃO REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA PARA ELEIÇÃO DO PRESIDENTE DO CONSELHO DIRETOR, em conformidade com as leis vigentes no país e com o Estatuto do Esporte Clube Vitória, ficam os Senhores Membros do Conselho Deliberativo do Esporte Clube Vitória convocados para participar da Reunião Extraordinária para Eleição do Presidente do Conselho Diretor do Clube, que será realizada em 31 de março de 2015, às 18h00min, em 1ª convocação, 18h30min, em 2ª, e 19h00min em 3ª e última, via portão 16, estacionamento interno da presidência, localizada na Rua Arthêmio Valente, nº 01, Praça Júlio Rêgo, Bairro Nossa Senhora da Vitória, de acordo com os termos a seguir:

1. A eleição tem por finalidade a eleição do Presidente do Conselho Diretor do Esporte Clube Vitória, em razão da renúncia ocorrida em 23 de março de 2015, e obedecerá as disposições constantes do estatuto do clube, notadamente o Art. 63 e seus parágrafos. O estatuto do clube encontra-se disponível no sítio oficial (www.ecvitoria.com.br);

2. Poderão concorrer para o pleito os Conselheiros integrantes da chapa eleita para compor o Conselho Deliberativo, conforme Assembleia ocorrida em 06 de dezembro de 2013, que estejam em dia com a contribuição correspondente a taxa do Conselho - observado o item 3 abaixo -, e tenham exercido a função do membro do Conselho Deliberativo por pelo menos 3 (três) anos;

3. Os Conselheiros que estiverem em débito com a contribuição correspondente a taxa do Conselho e desejarem votar e/ou concorrer ao pleito, deverão regularizar sua situação financeira perante o Clube até o dia 27/03/2015, às 10h00.

4. O Conselheiro que desejar se inscrever para concorrer a eleição deverá protocolizar requerimento endereçado ao Presidente do Conselho Deliberativo, na sede do “Sou Mais Vitória”, localizado nesta Capital, no Shopping Capemi, que fica na Rua da Alfazema, nº 752, Loja 13, Caminho das Árvores, dentro do prazo de inscrição, até o dia 27 de março de 2015, às 11h00.

5. O prazo para inscrição no pleito é de 48 (quarenta e oito) horas, e se iniciará a partir das 11h00 do dia 25 de março de 2015, terminando às 11h00h do dia 27 de março de 2015, no local assinalado no item 4, devendo ser observado que o prazo de funcionamento da Loja “Sou Mais Vitória”, é das 09h00 às 18h00 de segunda à sexta, e sábado até as 13h00.

6. O Conselheiro concorrerá individualmente, sem formação de chapas;

7. Ultimado o prazo de inscrição, será publicado em 27 de março de 2015, às 13h00, no sítio do Esporte Clube Vitória (www.ecvitoria.com.br) os nomes dos Conselheiros que se inscreveram para o pleito;

8. Havendo mais de um candidato, a eleição será procedida mediante voto secreto dos Conselheiros presentes, ocorrendo apuração de votos em seguida. Na hipótese de candidatura única, a eleição se dará mediante votação simbólica ou por aclamação;

9. Eleito o Presidente do Conselho, este será empossado de imediato, podendo submeter ao Conselho Deliberativo os nomes dos demais membros que irão compor o Conselho Diretor, para homologação do Conselho Deliberativo, ou reservar-se para fazê-lo em reunião extraordinária que convocará para tal fim;

10. Os Conselheiros Suplentes substituirão na reunião os Conselheiros efetivos que estiverem ausentes ou que não estejam em dia com o pagamento da contribuição mensal do Conselho, na ordem exata constante do livro de presença, que estará disponível para assinaturas a partir das 17h30 (vide Art. 36, §4º do Estatuto) no dia e local designados para a reunião extraordinária.

11. Para auxiliar na realização da reunião extraordinária, fica constituída uma comissão eleitoral especial formada pelo Presidente em Exercício do Conselho Deliberativo, mais os Conselheiros: Djalma Nunes de Abreu e Júlio Rangel Santana.

12. Para os casos omissos e/ou não previstos acima serão aplicadas as normas estatutárias, a legislação aplicada à matéria, observado, sempre, a boa-fé e probidade.

Salvador(Ba.), 24 de Março de 2015.

SILVONEY SALES DE ALMEIDA

PRESIDENTE DO CONSELHO DELIBERATIVO EM EXERCÍCIO

 

Fonte: MEI João Paulo Bezerra Di Medeiros - Especial para o Terra MEI João Paulo Bezerra Di Medeiros - Especial para o Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade