2 eventos ao vivo

Brasília perde taça no STJD, e Paysandu vai à Sul-Americana

28 jul 2014
19h39
atualizado às 20h26
  • separator
  • 0
  • comentários

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) julgou e condenou, na tarde desta segunda-feira, o Brasília pela escalação de quatro jogadores irregulares na final da Copa Verde, competição da qual se sagrou campeão ao bater o Paysandu nos pênaltis, em abril. Com isso, a equipe brasiliense perde a taça e também a vaga à Copa Sul-Americana, que passa a pertencer ao clube paraense.

Paysandu havia sido derrotado pelo Brasília em disputa de pênaltis
Paysandu havia sido derrotado pelo Brasília em disputa de pênaltis
Foto: Adalberto Marques/Agif / Gazeta Press

A primeira comissão disciplinar no STJD decidiu punir o Brasília por unanimidade após acatar denúncia da procuradoria-geral do órgão. Quatro jogadores teriam sido utilizados na final da competição sem o devido registro junto à Confederação Brasileira de Futebol (CBF):  Fernando (lateral-direito), Índio (zagueiro), Gilmar (meia) e Igor (atacante); entre os acusados, os três primeiros são titulares, ao passo que o último acabou relacionado apenas para a final. A decisão ainda é passível de recurso. 

Assim, no dia 18 de junho, Alessandro Kioshi Kishino, procurador-geral do STJD, fez a denúncia oficial ao Tribunal, que agendou o julgamento para o período pós-Copa do Mundo. Entretanto, por causa de documentações apresentadas pelo Brasília, o julgamento foi remarcado para esta data.

Neste ínterim, o clube da capital federal acabou absolvido, em documento assinado por Luiz Gustavo Vieira de Castro (diretor de Registro e Transferências da CBF) ao auditor da 1ª Comissão Disciplinar do STJD, Felipe Bevilácqua. O ofício expõe que os jogadores "tiveram as respectivas prorrogações de seus contratos de trabalho regularmente registrados". Assim, a ausência no BID havia ocorrido por um erro no site. Entretanto, a documentação não foi suficiente para manter a decisão.

A vaga conquistada é válida para a Copa Sul-Americana de 2015. Na final da Copa Verde, o Brasília venceu o Paysandu por 2 a 1 no Estádio Mané Garrincha, devolveu o placar do jogo de ida e levou a decisão para as penalidades. De forma emocionante, o título acabou nas mãos da equipe do Centro-Oeste, que venceu por 7 a 6.

Com informações da Gazeta Esportiva

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade