0

Argentinos provocam Pelé antes de clássico

5 set 2009
19h59
atualizado às 20h13
  • separator

Os torcedores argentinos deram continuidade às provocações dos jogadores e esquentam ainda mais o clássico contra o Brasil, que acontece neste sábado, às 21h30 (horário de Brasília), em Rosário.

» Torcedores dão "jeitinho brasileiro"
» Lúcio teme expulsões precoces na Argentina
» Seleção pode fazer "dobradinha" após 24 anos
» Veja 4 aventuras brasileiras em Rosário

Nos arredores do Estádio Gigante de Arroyito, a casa do Rosario Central, pode-se observar muitos produtos com a imagem de Diego Maradona, maior jogador da história do país e atual técnico da seleção.

Aos gritos de "Maradona es más grande, es más grande que Pelé", os torcedores aproveitaram para exaltar seu maior ídolo. E cutucar, é claro, o brasileiro. "Claro que Maradona foi melhor. Foi o único que ganhou uma Copa do Mundo sozinho", afirmou Roberto Sand, torcedor de 42 anos.

Dentro do estádio, as provocações continuam. "Quién no salta es de Brasil". O clima, no entanto, é bastante tranquilo. Não foram registrados incidentes momentos antes da partida.

A Argentina é a quarta colocada na tabela de classificação das Eliminatórias com 22 pontos. A Seleção de Dunga, por sua vez, lidera com 27.

Veja também:

A novela continua! Após desistir de espanhol, Palmeiras segue em busca de novo técnico
Fonte: Terra
publicidade