0

Com reza e sem Eto'o, Camarões treina em estádio de Brasília

22 jun 2014
17h28
atualizado às 18h05
  • separator
  • 0
  • comentários

Mesmo sem nenhuma chance de classificação dentro do Grupo A da Copa do Mundo, a seleção de Camarões mostrou união no último treinamento antes da partida diante do Brasil, que acontece nesta segunda-feira, no Estádio Nacional de Brasília. A imprensa só pôde acompanhar os primeiros 15 minutos da movimentação no gramado da arena do Distrito Federal.

<p>Antes de iniciar o treinamento, jogadores de Camarões mostraram a união da equipe mesmo com a eliminação precoce na Copa do Mundo</p>
Antes de iniciar o treinamento, jogadores de Camarões mostraram a união da equipe mesmo com a eliminação precoce na Copa do Mundo
Foto: David Gray / Reuters

Durante esse período, foi possível ver todos os jogadores fazendo uma roda junto com integrantes da comissão técnica. Eles rezaram e falaram algumas palavras entre si antes de darem um trote em torno do campo, que está com as duas pequenas áreas interditadas com um cone e uma faixa como de trânsito para proteger o local para a partida de amanhã.

<p>Principal estrela da sele&ccedil;&atilde;o camaronesa,&nbsp;Samuel Eto&#39;o acompanhou o treino dos companheiros no banco de reservas do est&aacute;dio</p>
Principal estrela da seleção camaronesa, Samuel Eto'o acompanhou o treino dos companheiros no banco de reservas do estádio
Foto: Ricardo Matsukawa / Terra

A ausência sentida na atividade foi justamente da grande estrela da seleção camaronesa. O atacante Samuel Eto'o participou da roda com os demais jogadores, mas depois se dirigiu para sentar no banco de reservas. Antes, mostrando simpatia atendeu alguns policiais e funcionário do Estádio Nacional de Brasília que pediram para tirar uma foto. 

Eto'o está sofrendo nesta Copa do Mundo com uma lesão no joelho direito, que sente desde o fim da temporada no Chelsea. O jogador ficou de fora, inclusive, da derrota por 4 a 0, contra a Croácia. Nos últimos dias, Eto'o foi visto fazendo um trabalho em uma academia na cidade de Vitória, onde o time africano fez sua concentração. O treinamento deu esperança de que ele poderia entrar em campo contra o Brasil, porém ainda é um mistério a presença dele no jogo. 

"Com Samuel, é a mesma situação que tivemos antes da aprtrida contra a Croácia. Ele faz o trabalho individual, não fez o treinamento do grupo. Ele desempenha o papel como capitão. Ele vai trabalhar no que diz respeito a um capitão. Sem dúvida, ele incentiva a equipe e ajuda a mobilizar e isso é muito bom. É um pouco incerto, talvez psosa ajudar por alguns minutos. Para começar como titular, não. Não acredito que haja algum milagre à noite, pode ser que ele possa ajudar. É incerto. Talvez jogue, talvez não", disse o técnico Volker Finke.

Camarões x Brasil: mãe de David Luiz comenta clima do jogo

Durante os 15 minutos em que os jornalistas tiveram acesso, os camaroneses, além da corrida curta em torno do gramado, fizeram apenas um treino em duplas de toque de bola. A equipe africana tem duas derrotas no Mundial e tenta encerrar o torneio causando problema para o anfitrião. Em caso de vitória de Camarões nesta segunda-feira, o Brasil terá que torcer por um êxito do México sobre a Croácia para não ter que fazer contas para se classificar. 

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade