0

Capello garante permanência na seleção russa até Copa 2018

30 jul 2014
09h56
atualizado às 10h32
  • separator
  • comentários

O técnico da seleção russa, Fabio Capello, anunciou nesta quarta-feira que seguirá no cargo até a Copa do Mundo de 2018, que será disputada na Rússia. O italiano confirmou a permanência após uma reunião com dirigentes da federação russa.

A Copa do Mundo frequentemente é um desfile de ternos bem cortados à beira dos gramados. Desta vez não tem sido diferente  mesmo em cidades em que os jogos são disputados sob um calor de mais de 30 graus. O italiano Fábio Capello, da Rússia, o mais bem pago deste Mundial, está entre os mais elegantes, como nesta foto no jogo contra a Coreia do Sul em Cuiabá
A Copa do Mundo frequentemente é um desfile de ternos bem cortados à beira dos gramados. Desta vez não tem sido diferente mesmo em cidades em que os jogos são disputados sob um calor de mais de 30 graus. O italiano Fábio Capello, da Rússia, o mais bem pago deste Mundial, está entre os mais elegantes, como nesta foto no jogo contra a Coreia do Sul em Cuiabá
Foto: Getty Images

O fraco desempenho na Copa do Mundo - em que a Rússia somou apenas dois pontos e acabou eliminada na primeira fase do grupo que tinha Bélgica, Argélia e Coreia do Sul - não foi suficiente para reduzir a confiança dos russos no trabalho de Capello, e sua demissão sequer foi cogitada, segundo Nikolai Tolstykh, presidente da federação.

"O Capello tem contrato com a federação e continuará seu trabalho como treinador da seleção. Nenhum executivo do comitê levantou essa questão (da demissão)", disse Tolstykh.

O novo contrato de Capello, com duração até a Copa de 2018, foi assinado em janeiro. Antes do Mundial na Rússia, o treinador tentará garantir uma vaga na Eurocopa de 2016, que será disputada na França.

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade