PUBLICIDADE

São Paulo perde para o Atlético-MG

Clube comandado por Hernán Crespo segue sem vitórias no Campeonato Brasileiro e figura à beira da zona de rebaixamento

13 jun 2021 18h02
| atualizado às 18h16
ver comentários
Publicidade
São Paulo segue sem vencer pelo Campeonato Brasileiro
São Paulo segue sem vencer pelo Campeonato Brasileiro
Foto: Gledson Tavares/FramePhoto

Não foi dessa vez que o São Paulo conquistou sua primeira vitória neste Campeonato Brasileiro. Neste domingo, no Mineirão, o time comandado por Hernán Crespo visitou o Atlético-MG, um dos candidatos ao título, e não conseguiu fazer frente ao rival, saindo de campo com a derrota por 1 a 0. Jair balançou as redes para o time mineiro.

Miranda, capitão do São Paulo, teve de ser substituído ainda no primeiro tempo alegando incômodos musculares. Crespo aproveitou a ocasião para mudar o esquema da equipe, que passou a jogar no 4-4-2 com a entrada de Igor Vinícius na vaga do experiente zagueiro, mas a estratégia não surtiu efeito.

Com o resultado, o Atlético-MG se reabilita na competição. Depois de estrear com derrota para o Fortaleza, Hulk e companhia venceram o Sport, no último fim de semana, e agora venceram o São Paulo para se aproximarem do G4. O time paulistano, por sua vez, figura à beira da zona de rebaixamento.

O jogo - O Atlético-MG começou o jogo mais ligado que o São Paulo e não demorou muito para levar perigo à meta defendida por Tiago Volpi. Aos oito minutos, Keno saiu cara a cara com o goleiro, mas viu o rival fazer a defesa, ficando com a bola entre as pernas. O adversário, por sua vez, respondeu cinco minutos depois com Rigoni. O atacante, improvisado na lateral direita, cortou para o meio, invadiu a área e soltou a bomba, mas mandou longe do gol.

Se os são-paulinos não conseguiram estufar as redes, melhor para os atleticanos. Aos 16, Hulk fez boa jogada individual, abriu na direita, e Hyoran cruzou rasteiro, para o meio da área, encontrando Jair, que, nas costas de Miranda, precisou apenas completar para o fundo das redes, abrindo o placar no Mineirão.

Daí em diante, o jogo esfriou. O Atlético-MG passou a esperar um descuido do São Paulo para ampliar. Os visitantes, por sua vez, tentavam sair para o jogo, mas enfrentavam dificuldades para furar o forte sistema defensivo adversário. Ainda assim, antes de as equipes irem para o intervalo, o time de Hernán Crespo teve a melhor chance para empatar. Gabriel Sara recebeu na direita e cruzou rasteiro para o meio da área. O zagueiro Réver tentou cortar, mas jogou contra o próprio gol, exigindo uma defesaça de Everson, que, esbanjando reflexo, garantiu a vantagem do Atlético-MG no primeiro tempo.

Na etapa complementar o São Paulo tentou correr atrás do prejuízo, mas pouca coisa mudou em relação ao primeiro tempo. Ainda assim, o time comandado por Hernán Crespo conseguiu levar perigo à meta adversária aos sete minutos, quando Reinaldo fez o cruzamento, mas ninguém conseguiu completar para o fundo das redes e Guilherme Arana acabou afastando.

O Atlético-MG respondeu pouco depois com Allan, que conduziu e optou por experimentar de longa distância, mas mandou para fora. Posteriormente foi a vez de Jair arriscar de fora, mas também faltou pontaria ao volante autor do primeiro gol do jogo.

Diante da ineficiência de sua equipe, Crespo promoveu as cinco substituições que tinha direito, mas foi a mexida do Atlético-MG que, por pouco, não ampliou a vantagem no placar. Mariano, que entrou na vaga de Guga, chegou à linha de fundo e cruzou fechado, obrigando Tiago Volpi a se esticar para evitar o segundo gol atleticano. Mas, acabou ficando por isso mesmo. Mais uma vitória do Atlético-MG.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-MG 1 X 0 SÃO PAULO

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Data: 13 de junho de 2021, domingo

Horário: 16h (de Brasília)

Arbitragem: Anderson Daronco (Fifa-RS)

Assistentes: Rafael da Silva Alves (Fifa-RS) e Michael Stanislau (RS)

VAR: Daniel Nobre Bins (RS)

Gol: Jair, aos 16 do 1ºT (Atlético-MG)

Cartões amarelos: Bruno Alves (São Paulo)

ATLÉTICO-MG: Everson; Guga (Mariano), Rever, Rabello e Arana; Allan, Jair (Nathan), Nacho e Hyoran (Marrony); Keno (Echaporã) e Hulk

Técnico: Cuca

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Bruno Alves, Miranda (Igor Vinícius) e Léo; Rigoni, Rodrigo Nestor (Igor Gomes), Liziero, Gabriel Sara (Galeano) e Reinaldo; Luciano (Eder) e Pablo (Rojas).

Técnico: Hernán Crespo.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade