PUBLICIDADE

Jogador do Grêmio relata momentos de tensão ao ficar ilhado com companheiro de equipe

O volante Felipe Carballo voltou para o Uruguai depois de passar dois dias sem comunicação

14 mai 2024 - 17h20
(atualizado às 17h33)
Compartilhar
Exibir comentários
Felipe Carballo voltou para o Uruguai após dias ilhado
Felipe Carballo voltou para o Uruguai após dias ilhado
Foto: Reprodução/Instagram/Felipe Carballo

O jogador Felipe Carballo, do Grêmio, compartilhou um relato assustador sobre a situação vivida diante das chuvas e cheias que deixam o Rio Grande do Sul submerso. Ao descrever o cenário catastrófico do Estado, o volante uruguaio revelou que ficou ilhado com o companheiro Cristian Pavón, antes de ser resgatado e levado de Eldorado do Sul para Porto Alegre.

Em entrevista à rádio Sport 890, do Uruguai, o camisa 8 do Tricolor explicou que ficou completamente incomunicável durante duas noites, enquanto aguardava o socorro.

"Isso é catastrófico. Felizmente, consegui vir para o Uruguai. A água mal entrou na minha casa, mas o bairro ficou todo alagado. Ficamos sem luz, incomunicáveis. Conseguimos caminhar até a casa do Pavón, ficamos lá com o que tínhamos de comida. Passamos duas noites até um barco nos pegar. Fomos, com outros colegas e famílias, para Porto Alegre, onde outro companheiro nos recebeu", contou o volante de 27 anos.

Após deixar Eldorado do Sul, Carballo enfrentou uma verdadeira missão para voltar ao Uruguai. O jogador contou que, primeiro, ficou na casa de outro companheiro em Porto Alegre. Porém, com avisos de racionamento de comida e água, ele foi de carro até Florianópolis, em Santa Catarina, onde pegou um avião para Córdoba, na Argentina. Antes de chegar em Montevidéu, o volante ainda passou por Buenos Aires.

Ao voltar para seu país, o atleta admitiu ter sentido bastante medo da situação. Segundo ele, alguns funcionários do clube perderam tudo o que tinham.

"Na verdade, ajudei o máximo que pude, como pude. Mas também tive bastante medo de ficar sozinho e, bem, tomei a decisão com alguns companheiros de vir. Ainda não vimos tudo. A chuva ainda volta. Tem muita gente do clube que perdeu tudo, muita gente que conheço perdeu tudo", lamentou o uruguaio.

Agora, Carballo aguarda o chamado do Grêmio para o retorno das atividades. Por enquanto, Internacional e Juventude, também afetados pelos temporais, já anunciaram o retorno dos treinamentos. Os times gaúchos estão com todos os jogos suspensos até o dia 27 de maio.

Rio Grande do Sul segue em alerta

De acordo com a atualização divulgada no início da tarde desta terça-feira, 14, pela Defesa Civil do Estado, 148 mortes já foram confirmadas. Além dos óbitos, 124 pessoas estão desaparecidas e 538.545 desalojadas. Dos 479 municípios gaúchos, 446 foram afetados pela tragédia.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade