PUBLICIDADE

América-MG supera surto de covid e bate Ceará no Brasileirão

Fabrício Daniel faz 2 gols, time vence por 2 a 0, chega a 18 pontos e empata com Fluminense e Bahia, primeiros fora da zona de rebaixamento

29 ago 2021 13h27
| atualizado às 13h48
ver comentários
Publicidade

Mesmo sofrendo com muitos desfalques por causa do surto de covid-19 em seu elenco, que chegou a dez casos, o América-MG mostrou superação neste domingo pela manhã para vencer o Ceará, pelo placar de 2 a 0, na Arena Independência, em Belo Horizonte. Com gols de Fabrício Daniel, o time mineiro ganhou um respiro na luta contra a zona de rebaixamento.

Fabrício Daniel (de frente) comemora com seus companheiros um dos seus dois gols neste domingo
Fabrício Daniel (de frente) comemora com seus companheiros um dos seus dois gols neste domingo
Foto: Rodney Costa/Futura Press

Apesar de não ter saído do Z4, o América-MG, que voltou a vencer após duas rodadas, chegou aos 18 pontos e agora tem a mesma pontuação de Fluminense e Bahia, primeiros fora da zona de rebaixamento. Já o Ceará, embora tenha sido derrotado, segue na parte de cima da tabela, na oitava colocação, com 24 pontos. Porém, vem de um jejum de quatro jogos sem vitórias.

O primeiro tempo começou bastante movimentado, com as equipes buscando espaço para chegar com perigo ao gol adversário. Após uma boa jogada, o América conseguiu abrir o placar logo em sua segunda descida ao ataque. Aos cinco minutos, Fabrício Daniel recebeu fora da área, ajeitou para a perna direita e chutou no cantinho do goleiro Richard, que nada pôde fazer.

O Ceará até chegou a empatar aos 16 minutos, depois de uma cobrança de falta de Vina, que William Oliveira cabeceou para o gol, mas a arbitragem viu um toque de mão na bola e invalidou o lance após analisar o VAR. Depois disso, o ritmo da partida seguiu alto e o América quase ampliou em uma boa chegada aos 32 minutos. Ademir cobrou falta e Lima desviou, mas a bola saiu pela linha de fundo.

Na volta do intervalo, o time mineiro foi para cima e marcou o segundo gol aos 15 minutos. Depois de cruzamento na área, Lucas Kal escorou e a bola sobrou livre para Fabrício Daniel marcar o seu segundo gol no jogo. Enquanto o Ceará tentava reagir, os donos da casa tiveram a chance de praticamente decretar a vitória.

Aos 21, Juninho invadiu a área e foi derrubado por Jael. Ligado no lance, o árbitro marcou pênalti. Ribamar foi para a cobrança e parou em bela defesa de Richard. Nos minutos finais, a partida seguiu equilibrada, com o Ceará tentando pelo menos descontar, mas sem sucesso.

Agora, as equipes terão quase duas semanas de pausa por conta de jogos da Seleção Brasileira nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo do Catar. O América-MG volta a campo no sábado, dia 11, quando recebe o Athletico-PR, às 16h, no Independência. No dia seguinte, o Ceará visita o Grêmio, às 11h, em Porto Alegre.

FICHA TÉCNICA

AMÉRICA-MG 2 X 0 CEARÁ

AMÉRICA-MG - Matheus Cavichioli; Anderson Jesus, Lucas Kal e Ricardo Silva; Patric, Juninho, Ademir e Marlon (João Paulo); Fabrício Daniel (Juninho Valoura), Felipe Azevedo (Marcelo Toscano) e Ribamar (Berrío). Técnico: Vagner Mancini.

CEARÁ - Richard; Fabinho (Marlon), Messias, Luiz Otávio e Bruno Pacheco (Kelvyn); Fernando Sobral, William Oliveira (Gabriel Dias), Rick (Erick), Lima e Vina; Cleber (Jael). Técnico: Guto Ferreira.

GOLS - Fabrício Daniel, aos 5 minutos do primeiro tempo e aos 15 do segundo.

ÁRBITRO - Raphael Claus (SP).

CARTÕES AMARELOS - Fabrício Daniel (América-MG) e Jael (Ceará).

RENDA E PÚBLICO - Jogo disputado com portões fechados.

LOCAL - Arena Independência, em Belo Horizonte (MG).

Estadão
Publicidade
Publicidade