PUBLICIDADE
Logo do

Fluminense

Meu time

CBF renova Certificado de Clube Formador do Fluminense após visita técnica em Xerém

Entidade máxima do futebol foi ao CT Vale das Laranjeiras e assegurou que o clube cumpre com todos os requisitos da certificação

19 out 2021 17h52
| atualizado às 17h52
ver comentários
Publicidade

Nesta terça-feira, a CBF renovou o Certificado de Clube Formador do Fluminense após uma visita técnica no CT Vale das Laranjeiras, em Xerém. A entidade vistoriou o local e assegurou que os itens necessários para o reconhecimento são cumpridos pela instituição. Dos clubes cariocas, o Tricolor foi o primeiro a receber o destaque.

Fluminense utilizou 31 Moleques de Xerém no elenco profissional nesta temporada (Foto: Ralff Santos/Fluminense F.C)
Fluminense utilizou 31 Moleques de Xerém no elenco profissional nesta temporada (Foto: Ralff Santos/Fluminense F.C)
Foto: Lance!

- Seguimos evoluindo o nosso trabalho em Xerém e conseguimos a renovação do nosso Certificado de Clube Formador da CBF. Quero agradecer ao nosso presidente, Mario Bittencourt, aos nossos diretores estatutários de Xerém, ao Diretor Executivo, Antônio Garcia e todos os funcionários do clube. Vamos seguir trabalhando forte para entregar ao futebol profissional cada vez mais jogadores de qualidade formados em casa - disse Rui Reinsiger, vice-presidente da base.

A presença de médicos, preparadores físicos, dentistas, psicólogos, fisioterapeutas, nutricionistas, assistentes sociais e educacionais, além de um programa de alimentação, foi requerida pela CBF para que o certificado fosse renovado por mais um ano.

- Buscamos sempre melhorar e evoluir o nosso trabalho na base. Estamos investindo na parte estrutural do nosso CT, que além da nossa base, também abriga o futebol feminino. Mais uma vez conseguimos demonstrar para a CBF a qualidade dos nossos processos, da nossa metodologia e da estrutura física do nosso Centro de Treinamento, em Xerém.

Referência em formação de atletas, o Fluminense é um dos clubes que mais utiliza jogadores oriundos da base no elenco profissional. Somente nesta temporada, o clube utilizou 31 Moleques de Xerém no time principal.

Lance!
Publicidade
Publicidade