PUBLICIDADE
Logo do

Flamengo

Meu time

Após xingamentos a Rafinha no Maracanã, organizada do Flamengo se posiciona contra: 'Somos gratos'

Raça Rubro-Negra reforçou que "ninguém está acima" do Flamengo, mas que, por ideal, não esquece ou desrespeita "aqueles que fizeram história e honraram o Manto"

17 set 2021 12h54
| atualizado às 12h54
ver comentários
Publicidade

A partida entre Flamengo e Grêmio, na última quarta, marcou o reencontro da Nação com o Maracanã. Foi a primeira partida com torcida no estádio em 533 dias, e as reações dos torcedores foram variadas: das vaias a Michael aos xingamentos a Rafinha, que, após fazer história em 2019 com o Manto, voltou ao palco como jogador do Tricolor. Em nota, a Raça Rubro-Negra afirmou não compactuar com as "hostilidades que foram dirigidas" ao ex-jogador do clube.

Rafinha reencontrou a torcida do Flamengo no Maracanã, na última quarta-feira (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)
Rafinha reencontrou a torcida do Flamengo no Maracanã, na última quarta-feira (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)
Foto: Lance!

- Embora acreditemos que nada, tampouco ninguém, está acima do Flamengo, também somos gratos aos que, de alguma forma, prestaram relevantes e honrosos serviços ao clube - diz trecho da nota publicada pela organizada.

Após ser contratado em 2019, conquistar Brasileirão, Libertadores, Carioca, Supercopa do Brasil e Recopa Sul-Americana, Rafinha deixou o Flamengo em agosto de 2020, rumo ao Olympiacos. A passagem pela Grécia foi rápida: em março de 2021, o camisa 13 foi anunciado pelo Grêmio após não entrar em acordo com a diretoria do Rubro-Negro pelo seu retorno ao Ninho do Urubu.

Lance!
Publicidade
Publicidade