0

Abel Braga reclama de punição imposta pela Conmebol

23 abr 2019
19h55
  • separator
  • comentários

O Flamengo já está em Quito, onde enfrenta nesta quarta-feira a LDU pela Libertadores. Nesta partida, os rubro-negros não terão o técnico Abel Braga no banco de reservas. O comandante foi punido pelo atraso no retorno da equipe para o segundo tempo no jogo contra o Peñarol-URU.

"É uma sacanagem. Por conta de dois minutos. Na verdade a gente voltou a tempo, mas aquela coisa de corrente dos jogadores. O Peñarol atrasou quatro minutos, mas nós já tínhamos sido advertidos contra o San José-BOL", reclamou Abel.

O treinador criticou a Conmebol pela punição ao Flamengo pelo atraso, mas lembrou que não houve qualquer medida pela briga entre torcedores rubro-negros com uruguaios antes da partida contra o Peñarol na calcadão da praia do Leme.

"A Conmebol tem dessas coisas. A gente foi punido, mas não ouvimos nada sobre a briga na praia com os uruguaios. Agora fiquei sabendo que os clubes que jogam na altitude aumentam as libras nas bolas, de 12 para 15. Vamos ficar de olho nisso", continuou.

Por fim, Abel Braga confirmou que já tem a escalação em mente. "Eu já tinha dito antes que após o jogo contra o Vasco já começamos a pensar no próximo jogo. Pegamos o que teve de melhor nos últimos jogos e vamos tentar repetir. Não vamos mudar nosso estilo, mas sabemos que o adversário joga de forma muito vertical, com bolas no atacante", falou.

Mesmo sem confirmar, Abel Braga deve optar em repetir a escalação do primeiro jogo contra o Vasco, na final do Campeonato Carioca. Assim, Diego fica no banco de reservas, com o ataque sendo formado por Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabriel.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade