PUBLICIDADE

Carol Santiago e Gabriel Araújo exaltam felicidade após ouro nos Jogos Paralímpicos de Tóquio

29 ago 2021 17h56
ver comentários
Publicidade

A natação segue dando muitas alegrias e medalhas para o Brasil nas Paralimpíadas. A pernambucana Carol Santiago, de 36 anos, conquistou o ouro nos 50m livre, na classe S13. Gabriel Geraldo também brilhou nas piscinas de Tóquio e conquistou o ouro nos 200m livre da classe S2.

"Estou muito feliz. É incrível estar aqui nesta competição tão importante. Eu me senti bem desde o primeiro dia em que cheguei ao Japão. Tenho recebido muito carinho. Quando terminei a prova, soube que tinha ganhado porque ouvi o pessoal gritando o meu nome. Agradeço a todos pela torcida e pelos brasileiros que têm chorado e dado risadas com a gente", disse a nadadora, que, na capital japonesa, já havia conquistado a medalha de bronze nos 100m costas da classe S12.

O medalhista mineiro de 19 anos variou o estilo durante a prova nos 200m livre. Nos primeiros 100 metros, Gabriel nadou de barriga para baixo. Nos 50 metros seguintes, foi de costas, até retornar para a posição inicial.

"Espero que esse seja o primeiro (ouro) de muitos outros. Era isso que eu queria. Foi para isso que eu vim. Consegui baixar o meu tempo, fiz o novo recorde das Américas. Treinamos forte, estava tudo controlado, eu sabia o que fazer e o resultado veio. Não existe emoção maior", comemorou o atleta, que já havia conquistado também a primeira medalha para o Brasil nos Jogos de Tóquio (a prata dos 100m costas, na classe S2).

Nas redes sociais, Gabriel agradeceu o apoio da torcida em sua trajetória. "É ouro! Essa medalha não é só minha, é nossa. Não consigo mensurar a felicidade por essa conquista! Obrigado a todos pelas mensagens de apoio e carinho", escreveu.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade