5 eventos ao vivo

Brasil fica em 6º no revezamento 4×100, mas vai à Olimpíada

Após faturar a medalha de prata em 2017, time fez o tempo de 3min11s99 para ficar com o sexto lugar

21 jul 2019
10h38
atualizado às 15h20
  • separator
  • 0
  • comentários

Neste domingo, o Brasil terminou apenas na sexta colocação na prova do revezamento 4×100 no Mundial de esportes aquáticos, que está sendo disputado em Gwangju, na Coreia do Sul.

Medalha de ouro ficou com os Estados Unidos
Medalha de ouro ficou com os Estados Unidos
Foto: REUTERS/Evgenia Novozhenina

Após faturar a medalha de prata em 2017, o time hoje formado por Marcelo Chierighini, Pedro Spajari, Bruno Fratus e Breno Correia fez o tempo de 3min11s99 para ficar com o sexto lugar. O ouro ficou com os Estados Unidos, com Rússia (prata) e Austrália (bronze) completando o pódio.

Marcelo Chierighini foi o primeiro a entrar na água pelo Brasil, em quarto. O segundo foi Pedro Spajari, que passou os 150m em terceiro e entregou em sexto (48s14) para Bruno Fratus. Ele, então, após ficar em terceiro, caiu para quinto com 47s78, e depois viu os EUA dispararem rumo a vitória com 3min09s06.

Com a classificação para a final, a equipe brasileira garante vaga nas Olimpíadas de Tóquio 2020. Os nomes, contudo, só serão definidos no ano que vem.

Veja também:

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade