PUBLICIDADE
Logo do Cruzeiro

Cruzeiro

Favoritar Time

Fernando Seabra exalta garotos do Cruzeiro e defende escolha por Wesley

Técnico do sub-20 compõe comissão de Paulo Autuori e comandou em boa parte do tempo em Goiânia

28 nov 2023 - 00h31
Compartilhar
Exibir comentários
Fernando Seabra coordenou o Cruzeiro boa parte do tempo diante do Goiás
Fernando Seabra coordenou o Cruzeiro boa parte do tempo diante do Goiás
Foto: Staff Images/Cruzeiro / Esporte News Mundo

O auxiliar Fernando Seabra, assumiu a palavra na coletiva de hoje, após o Cruzeiro vencer o Goiás por 1 a 0, na Serrinha, com o gol de Robert aos 50′. Sendo parte importante no comando do time ao lado de Paulo Autuori, o comandante do sub-20 celeste abordou sobre a vitória, e os destaques que fizeram a equipe aliviar sua situação na Série A. Com os três pontos, a equipe saiu do Z-4.

Seabra falou abertamente sobre os garotos oriundos da base da Raposa. Durante a partida, Japa e Robert, sendo este último o autor do gol, entraram na segunda etapa e mudaram o cenário celeste em Goiânia. O técnico da base falou sobre o trabalho com os jovens utilizados, e fez questão de exaltar seus comandados.

- Em relação a entrada do Robert. Característica do jogador pra circunstância do jogo. Estavámos em circunstância de empurrar o adversário no bloco baixo. O Robert tem característica de acompanhar o contra-ataque. (…) É um trabalho que a gente faz na base. Capacitar os jogadores para que eles leiam espaços e tenham uma inteligência para serem versáteis. O Japa tem esse mérito, mas estamos preparando os jogadores como um todo.

Questionado sobre Wesley, atacante criticado pela torcida nos últimos tempos, Fernando Seabra defendeu a sua escolha. Diante do Goiás, foram duas chances claras perdidas pelo atleta. O comandante destacou possíveis pontos positivos, buscando destacar a participação do jogador como 'peça de confiança' da comissão técnica do Cruzeiro.

- A gente não pode abrir mão de ninguém. Wesley é um jogador que tem suas características que causa muitas preocupações pro adversário. O lance que ele acabou perdendo o gol, no último jogo [contra o Vasco]. (…) A gente percebeu o Wesley conectado com os movimentos da equipe, e isso deu uma segurança. A gente confia nele, e em todos.

Agora, a Raposa segue na luta contra o rebaixamento, em um outro cenário. Além de sair do Z-4, a equipe pulou para 13º lugar com 44 pontos, entrando na zona de classificação para a Copa Sul-Americana. O time enfrentará o Athletico, na quinta-feira (30) às 20h, no Mineirão.

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Publicidade