PUBLICIDADE
Logo do

Cruzeiro

Meu time

Cruzeiro confirma venda de Egídio para time da Ucrânia

7 jan 2015 09h20
| atualizado às 10h50
ver comentários
Publicidade
<p>Egídio deixa Cruzeiro para atuar no futebol ucraniano</p>
Egídio deixa Cruzeiro para atuar no futebol ucraniano
Foto: Buda Mendes / Getty Images

O Cruzeiro terá que ir ao mercado para contratar um novo lateral esquerdo. Titular da posição em 2014, Egídio foi vendido para o Dnipro, clube da Ucrânia. A diretoria vinha estudando a negociação do jogador nos últimos dias e o supervisor de futebol, Benecy Queiroz, confirmou que a transação foi fechada.

O dirigente cruzeirense, porém, não quis dar detalhes da negociação, afirmando que o negócio foi feito pelo empresário do atleta, Eduardo Uram. "Ele foi negociado para a equipe da Ucrânia. Quem negociou foi o empresário, o Cruzeiro tem uma participação por vitrine, mas nós não revelamos os valores. O Egídio já não faz mais parte do clube", disse.

Egídio chegou ao Cruzeiro em dezembro de 2012 e fez 106 jogos, marcando quatro gols. Com a venda do jogador, os mineiros possivelmente terão que ir ao mercado atrás de outro atleta já que o paraguaio Samudio, que fez parte do elenco em 2014 deixou o clube. O único atleta da posição seria Breno Lopes, contratado junto ao Paraná Clube, mas que teve poucas chances de atuar.

Uma opção seria usar Gilson, que disputou o último Brasileiro pelo América-MG e retornou ao Cruzeiro. O atleta se destacou atuando pelo meio-campo, mesmo tendo como origem a lateral esquerda. Apostar em algum jogador da base também pode ser a escolha do técnico Marcelo Oliveira.

Mercado da bola

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade