0

Ronaldo e Messi disputam hegemonia no Prêmio Fifa e Van Dijk corre por fora

Troféu de melhor do mundo será entregue nesta segunda-feira, em Milão

23 set 2019
04h41
atualizado às 04h41
  • separator
  • 0
  • comentários

A Fifa anuncia nesta segunda-feira, a partir das 15h30 (de Brasília), em cerimônia em Milão, na Itália, os melhores da temporada 2018-2019. O argentino Lionel Messi, do Barcelona, o português Cristiano Ronaldo, da Juventus, e o holandês Virgil Van Dijk, do Liverpool, são os três finalistas ao principal prêmio da noite, o "The Best".

O troféu acontece um ano depois de o croata Luka Modric quebrar uma década de hegemonia de Cristiano Ronaldo e Lionel Messi. Cada um dos craques conta com cinco troféus e agora eles têm Van Dijk como azarão. O holandês faturou no início do mês o prêmio da Uefa de melhor jogador da temporada. O vencedor será escolhido por votação da qual participam os capitães e técnicos das seleções nacionais, além de torcedores e jornalistas escolhidos pela Fifa.

Virgil Van Dijk, Cristiano Ronaldo e Messi concorrem ao prêmio.
Virgil Van Dijk, Cristiano Ronaldo e Messi concorrem ao prêmio.
Foto: Divulgação/ Fifa / Estadão

Messi também concorre ao Prêmio Puskàs, de gol mais bonito da temporada. Em março, ele acertou belo toque de cobertura em partida contra o Bétis. Nessa categoria, ele tem como concorrentes o colombiano Quintero, do River Plate, que marcou de falta contra o Racing, e o húngaro Dániel Zsóri, do Debrecen, que fez de bicicleta contra o Ferencváros.

BRASILEIROS

O Brasil tem dois representantes na disputa de melhor goleiro. Alisson, do Liverpool, e Ederson, do Manchester City, disputam com Marc-Andre Ter Stegen, do Barcelona. Entre os treinadores, Tite chegou a estar entre os dez, mas ficou de fora na indicação dos finalistas: seguiram na disputa o espanhol Guardiola, do Manchester City, o argentino Mauricio Pochettino, do Tottenham Hotspur, e o alemão Jürgen Klopp, do Liverpool.

Troféu será entregue em cerimônia em Milão.
Troféu será entregue em cerimônia em Milão.
Foto: Divulgação/ Fifa / Estadão

O Brasil também pode sair com um troféu em Milão na categoria Fifa Fan Award, destinado aos torcedores. Silvia Grecco, mãe do palmeirense Nickollas, está entre os finalistas por narrar as partidas para o filho que é cego. Estão na disputa com ela o uruguaio Justo Sánchez, que é torcedor do Cerro, mas passou também a ir aos jogos do rival Rampla Juniors em homenagem ao filho falecido. O terceiro concorrente são os holandeses, pela festa na Copa do Mundo Feminina.

O prêmio de melhor jogadora está entre duas americanas e uma inglesa. Marta, recordista com seis conquistas e atual vencedora, ficou de fora da final deste ano. A favorita é Megan Rapinoe e correm por fora sua compatriota Alex Morgan e a britânica Lucy Bronze. Entre as goleiras, as finalistas são a chilena Christiane Endler, a holandesa Sari Van Veenendaal e a sueca Hedvig Lindahl.

MELHOR JOGADOR

Cristiano Ronaldo (POR)

Lionel Messi (ARG)

Virgil van Djik (HOL)

MELHOR JOGADORA

Megan Rapinoe (EUA)

Alex Morgan (EUA)

Lucy Bronze (ING)

MELHOR GOLEIRO

Alisson (BRA)

Ederson (BRA)

Ter Stegen (ALE)

MELHOR GOLEIRA

Christiane Endler (CHI)

Hedvig Lindahl (SUE)

Sari Van Veenendall (HOL)

MELHOR TÉCNICO (MASCULINO)

Pep Guardiola (ESP)

Jürgen Klopp (ALE)

Mauricio Pochettino (ARG)

MELHOR TÉCNICO (FEMININO)

Jill Ellis (EUA)

Phil Neville (ING)

Sarina Wiegman (HOL)

GOL MAIS BONITO

Lionel Messi (ARG)

Juan Quintero (COL)

Daniel Zsori (HUN)

PRÊMIO AO TORCEDOR

Silvia Grecco (BRA)

Justo Sanchez (URU)

Torcida da Holanda

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade