1 evento ao vivo

Mastercard cancela campanha com Neymar após acusação

Patrocinadora faria ações publicitárias com o jogador durante a disputa da Copa América

6 jun 2019
11h07
atualizado em 7/6/2019 às 18h50
  • separator
  • 0
  • comentários

A Mastercard cancelou uma campanha publicitária que faria com o atacante Neymar durante a disputa da Copa América. A empresa realizaria uma série de ações em que o jogador seria o garoto propaganda, mas decidiu suspender o projeto depois de o camisa 10 da Seleção Brasileira se tornar alvo de acusação de estupro e agressão.

Neymar chora no banco de reservas após sair de campo no amistoso Brasil x Catar em Brasília
05/06/2019
REUTERS/Ueslei Marcelino
Neymar chora no banco de reservas após sair de campo no amistoso Brasil x Catar em Brasília 05/06/2019 REUTERS/Ueslei Marcelino
Foto: Reuters

Em contato com a reportagem do Estado, a empresa confirmou o cancelamento da campanha. "Nós temos uma série de ativações de marketing planejadas para o decorrer do campeonato que são focadas em promover o uso do pagamento por aproximação. Nós tomamos a decisão de parar aquelas ativações que incluem o embaixador da marca até que o assunto seja resolvido", diz o texto.

Uma imagem de Neymar em campanha pela Mastercard consta inclusive no guia oficial de imprensa produzido para a Copa América e distribuído para os jornalistas credenciados para a cobertura do torneio. Logo no começo do material, o jogador posa para uma foto vestido com uma camisa da marca. No material há ainda tanto o escudo da CBF como a logomarca oficial da competição.

Antes da decisão da Mastercard, outras patrocinadoras do jogador haviam manifestado preocupação com as denúncias sobre agressão e estupro oferecidas contra o atacante. A Nike se disse "profundamente" preocoupada com o caso e disse que seguia de perto a situação. A Red Bull também havia se manifestado sobre o caso. "É de responsabilidade das autoridades públicas determinar os fatos reais por trás desta séria alegação", disse nota da empresa.

O jogador foi cortado da seleção brasileira nesta madrugada depois de sofrer uma lesão no tornozelo direito durante o amistoso com o Catar, em Brasília. Na sexta-feira Neymar deve prestar depoimento no Rio de Janeiro para esclarecer o possível crime virtual cometido por espalhar fotos de nudez da modelo Nájila Trindade, mulher que o acusa de estupro e agressão.

Por sua vez, Nájila deve prestar depoimento em São Paulo na tarde desta quinta-feira. Após faltar em outras ocasiões que estava agendadas, ela tem horário marcado para comparecer à 6ª Delegacia de Defesa da Mulher, em Santo Amaro, para esclarecer as denúncias relatadas em boletim de ocorrência de que teria sofrido agressão e estupro em Paris no último mês.

A modelo trocou duas vezes de advogado no decorrer do processo. Após procurar inicialmente José Edgard Bueno, com quem se desentendeu, ela recorreu a Yasmin Pastore Abdalla, que a acompanhou no último fim de semana durante o registro do boletim de ocorrência. No entanto, a partir desta quarta-feira Nájila passou a ser representada por Danilo Garcia Andrade.

A equipe de Neymar se pronunciou na sexta-feira, 7 de junho, sobre o assunto:

Nota de Imprensa NR Sports

A NR Sports, detentora exclusiva dos direitos de exploração comercial da imagem, nome e marcas do Atleta Neymar Jr. desde 2006, esclarece:

Em relação às notícias veiculadas hoje na imprensa acerca da “perda de patrocínios do Atleta Neymar Jr”, esclarecemos que não houve rompimento de nenhum contrato atualmente em vigor após a divulgação da grave acusação contrato o Atleta.

Em conjunto com alguns parceiros e patrocinadores a NR Sports está suspendendo algumas campanhas diante da gravidade das injustas acusações e, sobretudo, da categoria de marcas endossadas.

Todos, por questões obvias, estão alertas e atentos ao desenrolar dos acontecimentos.

Outros parceiros decidiram não alterar o rumo das campanhas, declararam apoio público ao Atleta Neymar Jr. e seguem firmes em seus projetos de fortalecimento das marcas.

As equipes jurídicas da NR Sports e do Atleta estão com uma força tarefa para abreviar a conclusão dos procedimentos policiais e comprovar a sua inocência.

Passados alguns dias da divulgação das acusações, todas as evidências divulgadas convergem para a inarredável conclusão de que o Atleta Neymar Jr. foi vítima de “Denunciação Caluniosa”, crime que está sendo apurado pelas Autoridades Policiais.

Até o presente momento esclarece a defesa do Atleta Neymar Jr. que não há nenhuma “denúncia” da prática de qualquer crime, como indevidamente veiculado. Foram apenas noticiados (Boletim de Ocorrência já divulgado) à Autoridade Policial os fatos com “acusações”, que estão em fase de investigação.

Na data de ontem o Atleta Neymar Jr. prestou depoimento no Procedimento Investigatório que apura eventuais consequências pela publicação do seu vídeo, elaborado e divulgado, como já exposto exaustivamente, em razão da repercussão mundial das notícias, das consequências devastadoras pela ausência de uma resposta pública e direta e, sobretudo, como a única forma de se defender das injustas acusações.

Estamos seguros que em breve tudo será esclarecido.

Veja também:

Explicando o caso Neymar!

 

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade