1 evento ao vivo

Ralf diz estar aguardando renovação e comenta jogada do gol de Avelar

22 abr 2019
16h37
atualizado às 16h37
  • separator
  • 0
  • comentários

Um dos pilares dos últimos anos do Corinthians, o volante Ralf está em um processo de espera pela renovação de seu contrato. O vínculo do jogador é válido até o final do ano, e o clube já estuda renovar com o atleta. Na reapresentação nesta segunda-feira, no CT Joaquim Grava, após a conquista do tricampeonato Paulista, o cão de guarda do Timão confirmou que já foi procurado, mas nada de muito sério foi discutido sobre a extensão.

"Ainda não conversamos, só no decorrer do Campeonato Paulista. Nos próximos dias a gente deve conversar. Tinham outros jogadores que estavam tratando disso. O Duilio já falou comigo, o presidente também. Então nos próximos dias deve estar chamando", afirmou Ralf.

Na jogada do primeiro gol do Alvinegro de Parque São Jorge, Sornoza cobrou escanteio, Ralf cabeceou em direção ao gol, e Danilo Avelar completou para as redes. Quando questionado se o lance foi ensaiado ou proposital, o meio-campista não titubeou na resposta.

"Ensaiada. Fizemos nos treinamentos no decorrer da semana. Aproveitei a felicidade do Sornoza que pegou muito bem na bola. Eu estava ali para poder fazer aquela jogada, tanto para devolver na área ou jogar para o gol. Foi uma jogada realmente treinada", disse o volante.

Apesar do título conquistado sobre o São Paulo, o Todo-Poderoso não tem muito tempo para comemorar. Isso porque na quarta-feira, a equipe vai enfrentar a Chapecoense pela Copa do Brasil. Mesmo assim, o atleta acredita que com a força da Fiel, a equipe irá reverter a vantagem dos catarinenses, que venceram a ida pelo placar de 1 a 0 na Arena Condá

"Não tem jeito, comemoramos, aproveitamos. Mas tem que dar continuidade nos trabalhos. Amanhã já tem concentração. Sabemos que é um jogo difícil. Com o apoio do torcedor dá para reverter", finalizou.

Corinthians e Chape se enfrentam nesta quarta-feira, às 21h30 (horário de Brasília), na Arena em Itaquera. Para seguir na competição nacional, os comandados de Fábio Carille precisam vencer por pelo menos dois gols de diferença no tempo normal. Em caso de triunfo por 1 a 0 ou 2 a 1, a decisão irá para os pênaltis.

* Especial para a Gazeta Esportiva

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade