PUBLICIDADE
Logo do Corinthians

Corinthians

Favoritar Time

Cássio fala sobre vaias da torcida do Corinthians após empate com Fortaleza: "Está no direito dela"

27 set 2023 - 08h04
(atualizado às 10h43)
Compartilhar
Exibir comentários

O goleiro Cássio falou sobre as vaias que os jogadores e a comissão técnica do Corinthians receberam de torcedores presentes na Neo Química Arena após o empate em 1 a 1 com o Fortaleza, pela ida da semifinal da Copa Sul-Americana.

Foto: ( Rodrigo Coca/Corinthians) / Gazeta Esportiva

Na visão do ídolo do Timão, a torcida está no direito de protestar após o apito final, e ressaltou que em nenhum momento a Fiel deixou de incentivar os atletas ao longo da partida.

"Está no direito dela. Pagam ingresso e tem o direito. Durante os 90 minutos eles apoiaram, fizeram seu papel como sempre fizeram. A vaia, crítica depois do jogo… Importante que nossa torcida é diferente, que apoia durante o jogo. Depois do jogo, como o resultado não veio, a torcida achou correto vaiar e está no seu direito", comentou Cássio em zona mista.

Na visão de alguns torcedores, o arqueiro alvinegro poderia ter feito melhor no lance do gol do Fortaleza, marcado por José Welison, já que caiu para trás no momento da cabeçada. Cássio fez sua análise da partida:

"Lógico que jogando em casa, com apoio da torcida, sair com resultado positivo era o que a gente imaginava buscava. Sabemos que eles têm uma equipe qualificada. Saímos atrás, buscamos o empate. Foi equilibrado, difícil, e agora é buscar a classificação lá. Não tem o que correr. É uma semifinal, é fazer uma grande partida e conseguir a vaga", concluiu Cássio.

Com o empate em 1 a 1, a eliminatória contra o Fortaleza está completamente aberta. A volta da semifinal está marcada para o dia 3 de outubro (terça-feira), na Arena Castelão, em mesmo horário. Agora, o Corinthians volta a entrar em campo no próximo sábado, contra o São Paulo, fora de casa, pelo Campeonato Brasileiro.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Compartilhar
Publicidade
Publicidade