0
Logo do Seleção Brasileira
Foto: terra

Seleção Brasileira

Reforços de Fla e Grêmio não iniciam amistoso da Seleção

9 out 2019
12h40
atualizado às 12h49
  • separator
  • 0
  • comentários

O ‘estrago’ da Seleção no Campeonato Brasileiro, com convocações que comprometem vários clubes em duas ou três rodadas da competição, deve ganhar mais um ingrediente no jogo dessa quinta (10), entre Brasil e Senegal, no Estádio Nacional de Cingapura. Pelas pistas do que se passou nos treinos realizados no país asiático, tudo leva a crer que o técnico Tite deixará os flamenguistas Gabigol e Rodrigo Caio e os gremistas Everton Cebolinha e Matheus Henrique entre os reservas.

Everton Cebolinha, do Grêmio, e Gabigol, do Flamengo
Everton Cebolinha, do Grêmio, e Gabigol, do Flamengo
Foto: PEDRO H. TESCH/AGIF; e RUDY TRINDADE/FRAMEPHOTO / Estadão Conteúdo

Flamengo e Grêmio ficaram privados de seus atletas no Brasileiro e por alguns dias da fase final de preparação de ambos os times para a disputa de uma vaga à decisão da Libertadores – no dia 23, os dois se enfrentam no Maracanã pela semifinal da competição continental.

De todos os oito relacionados que atuam no Brasil para os amistosos com Senegal e Nigéria (dia 13, no mesmo estádio), apenas Daniel Alves, do São Paulo, vai começar o jogo com os senegaleses.

Os goleiros Weverton (Palmeiras) e Santos (Athletico-PR) e o lateral Marcinho (Botafogo) também estão no grupo.

Havia a expectativa de que ao menos um dos dois atacantes, Everton Cebolinha ou Gabigol, pudesse ser escalado como titular. Como as duas partidas são contra seleções inexpressivas, Tite poderia utilizá-las para ver esses e outros jogadores atuando o máximo possível – sem necessariamente quebrar a espinha dorsal do time. Provavelmente, ele deve mandar a campo uma formação diferente contra a Nigéria.

Até porque, se minimizar a participação desses atletas nos amistosos, vai acabar recebendo novas críticas, a partir de um raciocínio simples de qualquer torcedor, algo como – “não era para ter convocado, mas, uma vez que convocou, que os ponha para jogar”.

Veja também:

Fonte: Silvio Alves Barsetti
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade