PUBLICIDADE
Logo do

Seleção Brasileira

Meu time

Recordista, Formiga vibra com nova chance na Olimpíada

Formiga, se tornou a primeira jogadora de futebol, entre homens e mulheres, a disputar sete edições diferentes dos Jogos Olímpicos

21 jul 2021 10h04
| atualizado às 10h26
ver comentários
Publicidade

Ao entrar em campo nesta quarta-feira, na goleada por 5 a 0 sobre a China, a meio-campista da Seleção Feminina, Formiga, se tornou a primeira jogadora de futebol, entre homens e mulheres, a disputar sete edições diferentes dos Jogos Olímpicos.

Formiga em jogo pela Seleção Brasileira Reprodução Instagram/@oficial_formiga
Formiga em jogo pela Seleção Brasileira Reprodução Instagram/@oficial_formiga
Foto: @oficial_formiga / Reprodução Instagram

Desde a estreia, na Olimpíada de Atlanta em 1996, muita coisa mudou para Formiga. Mas o sentimento de estar em campo e a gratidão por representar a Seleção Brasileira permanecem iguais.

"É gratificante, sou grata a Deus por me dar saúde para estar aqui mais uma vez. Integrar esse grupo e poder pensar em melhorias para o futebol feminino, continuar contribuindo com a modalidade, é maravilhoso", disse Formiga.

Do alto de seus 43 anos e sete Jogos Olímpicos, Formiga reconhece o valor da goleada sobre a China, mas sabe que a Seleção precisa deixar este resultado para trás e seguir trabalhando. Afinal, a segunda rodada, contra a Holanda, já será no próximo sábado, e cada dia é precioso neste intervalo.

"Tem o nervosismo da estreia, é normal, mas a vitória é importante para nos dar tranquilidade na sequência e confiança para o próximo jogo. Sabemos que será totalmente diferente de hoje. Agora é descansar, estudar bem nosso próximo adversário para melhorar e corrigir erros", ponderou.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade