PUBLICIDADE
Logo do

Botafogo

Meu time

Promessa cumprida: diretoria do Botafogo paga um mês de direitos de imagem ao elenco

Valores atrasados foram motivo de protesto de silêncio por parte dos jogadores; Durcesio Mello, presidente, afirmou na semana passada que quitaria mês nesta segunda-feira

25 out 2021 15h36
| atualizado às 15h36
ver comentários
Publicidade

Dito e feito. Como prometido pelo presidente Durcesio Mello na sexta-feira, o Botafogo pagou um mês de salários de imagem ao elenco - jogadores e membros da comissão técnica - nesta segunda-feira, véspera da partida contra o Goiás, pela 32ª rodada da Série B do Brasileirão.

Durcesio Mello é o presidente do Botafogo (Foto: Vítor Silva/Botafogo)
Durcesio Mello é o presidente do Botafogo (Foto: Vítor Silva/Botafogo)
Foto: Lance!

Os atrasos nas parcelas de imagem foram o motivo para um protesto de silêncio realizado pelos jogadores após a vitória sobre o Brusque. Vale lembrar que menos da metade do elenco recebe este tipo de valor - a maior parte tem todo o salário apenas formado por CLT -, mas, mesmo assim, todos se fecharam em prol do posicionamento.

O Botafogo contou com a ajuda do Sindeclubes para tal. A verba, que estava congelada na Justiça, foi autorizada a ser desbloqueada na última sexta-feira. O dinheiro começou a ser depositado na conta das pessoas nesta segunda-feira.

Ainda não há uma resposta concreta se o protesto de silêncio por parte dos jogadores do Botafogo vai acabar. Agora, o clube está em débito com um mês de imagem para com os atletas - CLT, tirando atletas que ganham mais de 60 salários mínimos (pouco mais de R$ 70 mil), está em dia.

O Botafogo enfrenta o Goiás nesta terça-feira às 21h30 na Serrinha, pela Série B do Brasileirão.

Lance!
Publicidade
Publicidade