PUBLICIDADE
Logo do Botafogo

Botafogo

Favoritar Time

Gregore é apresentado ao Botafogo e afirma não ter tido dúvidas ao aceitar a proposta do clube

O volante Gregore foi apresentado oficialmente pelo Botafogo na tarde desta terça-feira, depois de ter feito a estreia pelo clube diante do Audax, no último sábado, em partida válida pela décima rodada do Campeonato Carioca. Em sua entrevista coletiva, o volante de 29 anos destacou a serenidade das pessoas que tocam o projeto do clube […]

27 fev 2024 - 16h46
(atualizado às 16h46)
Compartilhar
Exibir comentários
Gregore durante sua apresentação oficial.
Gregore durante sua apresentação oficial.
Foto: Vitor Silva/Botafogo / Esporte News Mundo

O volante Gregore foi apresentado oficialmente pelo Botafogo na tarde desta terça-feira, depois de ter feito a estreia pelo clube diante do Audax, no último sábado, em partida válida pela décima rodada do Campeonato Carioca.  

Em sua entrevista coletiva, o volante de 29 anos destacou a serenidade das pessoas que tocam o projeto do clube e explicou porque aceitou vir jogar no Botafogo. 

-Quando se trata de um convite do Botafogo, das pessoas que estão aqui trabalhando, todo atleta tem esse objetivo de trabalhar com pessoas sérias e em um projeto sério. Tinha amigos aqui, liguei para eles e me disseram para vir. Não tive nem dúvida. Foi um negócio bom para todo mundo e o desejo do meu coração é que a gente possa ser muito feliz aqui.- afirmou Gregore. 

O jogador estava no Inter Miami, clube americano que um dos investidores é o ex-jogador inglês, e onde atua o craque argentino Lionel Messi. Gregory destacou que aprendeu muito atuando uma temporada ao lado do astro argentino. 

- Foi uma experiência que nunca pensei que fosse acontecer. O que eu aprendi é a competitividade que esses grandes jogadores têm. O Lionel Messi é um cara que já conquistou tudo na carreira e segue competindo, querendo mais. Foi isso que eu tirei para mim.

Gregore foi capitão no Bahia e no Inter Miami, antes da chegada de Messi, na coletiva ele foi perguntado se pode agregar um papel de liderança dentro do elenco Alvinegro que vive um momento turbulento desde o final de 2023 com a perda do título brasileiro. 

-Eu cheguei aqui e já tem bons líderes no grupo, e isso você vai construindo no dia a dia. Se você é capitão em um outro time, quando você chega precisa conquistar essa confiança também das pessoas, dos jogadores. Chego para somar, trabalhar, ajudar meus companheiros. E, sim, com essa minha energia de encarar meus desafios com seriedade e trabalho, ajudar o clube nos seus objetivos.

Botafogo e Inter Miami acordaram uma transferência válida na casa dos 2,5 milhões de euros (R$ 13,4 milhões na cotação atual), a terceira contratação mais cara da história do clube em valores totais. O jogador explicou sua decisão de voltar para o futebol brasileiro após três temporadas atuando na MLS. Ele era um dos destaques do Inter Miami antes da chegada de Lionel Messi, e perdeu grande parte da última temporada em decorrência de uma lesão no pé. 

-Quando se trata de um convite do Botafogo, das pessoas que estão aqui trabalhando, todo atleta tem esse objetivo de trabalhar com pessoas sérias e em um projeto sério. Tinha amigos aqui, liguei para eles e me disseram para vir. Não tive nem dúvida. Foi um negócio bom para todo mundo e o desejo do meu coração é que a gente possa ser muito feliz aqui. 

Veja as outras respostas de Gregore abaixo: 

Escolha ir para o Botafogo

-Temos muitas competições e isso ajudou na minha escolha de aceitar o projeto do Botafogo. Competições importantes que todo atleta gosta e quer jogar. É um sonho de disputar grandes campeonatos e Botafogo vai estar. Encaramos esse ano com muita importância, queremos ganhar, e isso nos alimenta no dia a dia. Vejo dessa forma. 

Dificuldades que time apresenta na marcação no meio-campo

-Quem reclamou disso? Complicado. Se você pegar os meias e os volantes que tem aqui, são muito qualificados. Para qualquer treinador que chega e tem vários jogadores bons na mesma posição é uma felicidade. Marcar o Messi foi difícil, espero ter um bom número de desarmes, ajudar o time em construção e em um aspecto geral. 

Botafogo que encontrou quando chegou

  -Um Botafogo focado na temporada de 2024, e é isso que tem que ser feito. Mazzuco foi feliz na palavras ao me dizer que o que passou é passado, temos que focar daqui pra frente. Jogadores têm esse pensamento. Temos que trabalhar e conquistar as coisas para o Botafogo. 

Posição de preferência

A preferência é jogar, gosto de estar dentro de campo. Se não estiver, vou ajudar de alguma forma. Me destaquei como primeiro volante, lá fora também. Nos últimos jogos eu vim atuando mais à frente. O que o comandante precisar de mim eu vou tentar ajudar. - Completou Gregore 

O Botafogo irá receber o Aurora no jogo de volta, na próxima quarta-feira ,válido pela segunda fase classificatória da Libertadores. O jogo será disputado no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro, às 21h30. 

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Publicidade