PUBLICIDADE
Logo do

Botafogo

Meu time

'Fica, Navarro!', 'Eu vi o Chay': torcida do Botafogo dá show à parte em vitória pela Série B

No primeiro jogo com público desde o começo da pandemia, torcedores no Nilton Santos fazem coro por renovação de Rafael Navarro, aplaudem Rafael e fazem diferença

27 set 2021 07h02
| atualizado às 09h08
ver comentários
Publicidade

Foram poucas pessoas, mas já o suficiente para fazer diferença. Ainda sob rígidos protocolos, a torcida marcou presença no Estádio Nilton Santos pela primeira vez após 18 meses. O Botafogo venceu o Sampaio Corrêa por 2 a 0, pela 26ª rodada da Série B do Brasileirão, sob os olhares de 762 pessoas.

Torcida do Botafogo marcou presença no Nilton Santos (Foto: Vítor Silva/Botafogo)
Torcida do Botafogo marcou presença no Nilton Santos (Foto: Vítor Silva/Botafogo)
Foto: Lance!

Da bancada, a impressão é que as vozes que ecoavam no estádio foram bem acima do público divulgado. O frisson no Estádio Nilton Santos foi grande - talvez pela saudade de ver o time in-loco. Melhor para a equipe comandada por Enderson Moreira, que, empurrada por esses gritos, venceu sem dificuldades.

A torcida se fez presente não apenas sendo o 12º jogador, mas também para exaltar os jogadores favoritos. Quando Rafael Navarro deu entrevista à equipe de televisão no intervalo e ao ser substituído, no segundo tempo, o estádio ecoou, praticamente de forma inteira, "Fica, Navarro!", pedindo para o atacante ficar no clube.

Vale lembrar que a situação contratual do camisa 99 com o Alvinegro ainda é complicado. O atacante tem vínculo com o Glorioso até o fim de dezembro e, no momento, não parece favorável a ficar.

Outros dois atletas levaram as arquibancadas à loucura: Rafael, estreante da noite, e Chay. O lateral-direito foi muito aplaudido quando entrou em campo, na metade do segundo tempo; o atacante foi aclamado ao ser substituído com "Eu vi o Chay!", fazendo alusão a uma paródia que viralizou na internet.

A partida contra o Sampaio Corrêa, vale lembrar, foi um evento-teste da Prefeitura do Rio de Janeiro e, portanto, demandou a apresentação de exame de antígeno. Se o resultado for positivo, a tendência é que mais pessoas sejam liberadas a estarem no estádio em breve.

Lance!
Publicidade
Publicidade