0

Botafogo não espera grandes contratações para início do Estadual

21 dez 2019
14h35
  • separator
  • 0
  • comentários

Passando por uma das maiores crises financeiras de sua história, o Botafogo está tratando de reformular o elenco do futebol. O clube espera se tornar empresa e captar investimentos para formar uma grande equipe. Mas enquanto o projeto não se concretiza, o jeito é reduzia a folha salarial e apertar o cinto.

A primeira providência da diretoria foi de não renovar os contratos que terminam no final de 2019, com exceção do goleiro Diego Cavalieri, que está nos planos e deve ser o titular em 2020.

Foto: Vitor Silva/Botafogo.
Foto: Vitor Silva/Botafogo.
Foto: Gazeta Esportiva

Os medalhões da equipe, apesar de terem contratos por prazos mais longos, não farão parte do grupo e devem ser liberados para procurar outros clubes. São os caso de

Diego Souza, Joel Carli e Cícero.

Já com relação ao goleiro paraguaio Gatito Fernández, João Paulo, Alex Santana e Luiz Fernando, que despertam interesse no mercado, a diretoria espera conseguir negociá-los e reforçar o caixa.

Em termos de reforços, por enquanto apenas nomes de menor expressão e que disputaram a Série B em 2019 foram anunciados, como o atacante Pedro Raúl, ex-Atlético Goianiense e o lateral Guilherme Santos, ex-Paraná.

Já o zagueiro Ruan Renato, que estava no Figueirense, está em negociações avançadas e pode ser anunciado na próxima semana.

Para o Carioca, a base da equipe Alvinegra contará com jogadores jovens e formados no clube, como Marcinho, Marcelo, Rhuan, Ezequeil, Leandrinho e Igor Cássio. O Botafogo estreia no Estadual no dia 18 de janeiro diante do Volta Redonda, fora de casa.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade