PUBLICIDADE

LNB suspende realização dos jogos do returno do NBB

Liga Nacional de Basquete opta por remanejar as 30 partidas remanescentes da fase de classificação do NBB 2020/21

23 mar 2021 17h56
ver comentários
Publicidade

Diante das novas medidas restritivas contra a Covid-19 no Rio de Janeiro, a Liga Nacional de Basquete (LNB), em conjunto com os 16 clubes que disputam a temporada 2020/2021 do Novo Basquete Brasil (NBB), decidiram, de maneira unânime, pela readequação da tabela de jogos da competição. As novas datas serão confirmadas e divulgadas em breve, após um novo encontro virtual, previsto para o final desta semana.

download_Easy-Resize.com
download_Easy-Resize.com
Foto: Foto: LNB / Jumper Brasil

Em reunião realizada nesta terça-feira (23), 0 Departamento Técnico Operacional da LNB optou por fazer a readequação de todas as 30 partidas restantes na fase de classificação do NBB. Na conversa, que contou com a presença de representantes de clubes, treinadores e, claro, da AAPB (Associação de Atletas Profissionais de Basquete), a pauta principal foi a preservação da saúde de todos os envolvidos, seguindo a risca todas as determinações dos órgãos oficiais em relação ao controle da Covid-19.

A LNB apresentou um relatório final do primeiro turno do NBB em relação ao protocolo de saúde. Ao todo os atletas, staff das equipes e árbitros realizaram 8.264 testes de Covid-19, com 96 casos positivos: 65 atletas, 21 membros de comissão técnica e 10 árbitros. Foram 194 partidas realizadas em 121 dias. A Liga Nacional de Basquete também divulgou que, durante o Jogo das Estrelas, no último final de semana, foram feitos 179 testes em todos jogadores e staff, e 99.4% dos testados resultaram em negativo.

Vale ressaltar que o protocolo de Covid-19 do NBB foi desenvolvido com o suporte do médico infectologista Max Igor Banks Ferreira Lopes, do Hospital das Clínicas da USP. Além dele, os médicos Cláudio Cardone (Flamengo), Diogo Vilar (Unifacisa) e Diego Gadelha (Unifacisa), sob coordenação do diretor écnico-operacional da LNB, Paulo Bassul, também participaram da criação do protocolo, conforme adiantou a Liga Nacional de Basquete.

Jumper Brasil
Publicidade
Publicidade