PUBLICIDADE

Em Los Angeles, casa de Lebron é pichada com palavra racista

31 mai 2017 18h42
| atualizado às 18h56
ver comentários
Publicidade

A poucos dias de começar a série de jogos da final da NBA, a casa do astro do Cavs Lebron James foi alvo de uma pichação racista, nesta quarta-feira. No portão de entrada, lia-se "nigger" — termo depreciativo em inglês para se referir aos negros nos Estados Unidos. O vandalismo já foi removido.

Casa de LeBron James, em Los Angeles
Casa de LeBron James, em Los Angeles
Foto: Reuters

A polícia norte-americana confirmou a pichação na casa comprada pelo jogador em 2015. Segundo The New York Times, a residência custou US$ 21 milhões (R$ 68,09 milhões) e não é o local fixo de moradia do jogador.

#LAPD is investigating a vandalism at the residence of NBA player LeBron James in which a racial slur was spray painted on a private fence

— LAPD HQ (@LAPDHQ) 31 de maio de 2017

 

Segundo senso da FBI ,o departamento de polícia dos EUA, em 2015, 59,2% dos crimes de ódio eram motivados por preconceito racial. Agora, a polícia está investigando o caso e busca imagens das câmeras de segurança para encontrar os autores do vandalismo. "Se o suspeito for preso o prejuízo é, de pelo menos US$400,00 (quase R$1300,00), e se for processado pelo crime, pode pegar três anos na prisão"

If suspects who vandalized LeBron's home are caught & damage is at least $400, they can be prosecuted for felonies (up to 3 yrs in prison). https://t.co/0UgLhoQ9Nc

— Michael McCann (@McCannSportsLaw) 31 de maio de 2017

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade