PUBLICIDADE

Brasileiro Gui Santos realiza treino no Washington Wizards antes do Draft da NBA

Evento para escolha dos novatos da liga americana de basquete acontece no dia 29 de julho

16 jul 2021 10h08
ver comentários
Publicidade

O brasileiro Gui Santos realizou na quinta-feira mais um treino em solo americano, antes de participar do Draft da NBA. Desta vez, o jovem participou do "training camp" do Washington Wizards. Por isso, logo após a atividade, o jogador revelado pelo Minas Tênis Clube concedeu entrevista coletiva falando sobre a experiência, inclusive citando Nenê Hilário e Raulzinho Neto, que passaram pelo time da capital dos Estados Unidos.

"Eu acho ótimo porque, como você disse, eles (Wizards) tiveram ótimos jogadores vindo do Brasil como Nenê e Raul", disse Gui Santos quando perguntado sobre a tradição de Washington em aproveitar talentos do exterior. "Isso para mim é bom porque se eu puder trazer para a equipe o que eles esperam, o que eles precisam, eles vão me dar uma oportunidade e isso é tudo que estou procurando, uma oportunidade para mostrar meu jogo, para mostrar o que eu posso fazer. Pra mim essa é uma ótima organização".

Além disso, Gui Santos comentou de forma descontraída sobre um fato que marcou o seu treino de quinta-feira. "Ah, sim, teve (um fato que marcou). Nos treinos ficamos desgastados porque estamos trabalhando forte, então nos últimos minutos do treino eles disseram: 'Hey, agora vocês podem correr por toda a quadra por 2 minutos'. Eles estavam gritando: 'corram, corram, corram' e o final disso tudo foi bem cansativo. Foi muito louco".

Para finalizar, o brasileiro de apenas 19 anos foi perguntado ainda sobre as posições em quadra que ele pode atuar, já que muitas equipes da NBA costumam utilizar formações mais baixas. "Eu creio que consigo jogar como armador, ala-armador, ala e ala-pivô, mas na minha opinião, a minha posição principal é a de ala", afirmou o atleta natural de Brasília.

No evento de recrutamento, que será realizado no próximo dia 29, os Wizards terão a 15.ª escolha geral. Porém, de acordo com rumores, a franquia poderia estar interessada em adquirir uma seleção de segunda rodada. Com este cenário, Gui Santos seria uma das alternativas.

Passando por uma série de treinamentos nos Estados Unidos, o Washington Wizards foi o oitavo time que o brasileiro passou e a último antes do Draft. Anteriormente, ele visitou o Chicago Bulls, New Orleans Pelicans, Utah Jazz, Phoenix Suns, Los Angeles Clippers, Atlanta Hawks e Philadelphia 76ers.

Versátil e talentoso, Gui Santos foi um dos 13 jovens convidados para o Nike Hoop Summit, no início de abril. Ele se colocou no radar da liga no acampamento Basketball Without Borders Americas da NBA em 2019.

Na última convocação da seleção brasileira para o Pré-Olímpico disputado na Croácia, o ala estava na lista preliminar feita pelo técnico croata Aleksandar Petrovic, mas optou pela dispensa, visando o sonho de ingressar na NBA. O Brasil perdeu para a Alemanha na última partida do torneio e não garantiu a sua vaga para a Olimpíada de Tóquio-2020.

Estadão
Publicidade
Publicidade