PUBLICIDADE
Logo do

Bahia

Favoritar Time

Com suporte de Guto Ferreira, Vitor Jacaré se torna peça importante no Bahia

Atacante passou de nome com passagem frustrante no Ceará para "talismã" no Esquadrão

10 jun 2022 17h59
ver comentários
Publicidade

Contratado em março deste ano como um dos reforços para a Série B do Campeonato Brasileiro, após 13 jogos já é possível dizer que o encaixe do atacante Vitor Jacaré com o Bahia se mostra bem mais eficiente do que ocorria em sua última equipe, o Ceará.

Avante vive sua primeira experiência fora do futebol cearense (Felipe Oliveira/EC Bahia)
Avante vive sua primeira experiência fora do futebol cearense (Felipe Oliveira/EC Bahia)
Foto: Lance!

Depois de duas temporadas no Caucaia, Jacaré chegou ao clube da capital cearense com boas expectativas, mas sem conseguir apresentar a regularidade que desse maiores oportunidades como titular. Ao todo foram 23 jogos e quatro gols assinalados de 2020 até o início deste ano.

Com um cenário onde vislumbrava pouco futuro, a possibilidade de rumar ao Esquadrão (contando, inclusive, com o apreço do técnico Guto Ferreira que chegou a trabalhar com ele no Ceará), se mostrou a alternativa mais lógica e que vem se mostrando acertada.

No esquema onde a atuação dos atacantes pelos lados de campo se mostra fundamental para a eficiência do estilo de transição acelerado, Vitor já chegou a três gols em 13 jogos, quase a mesma quantidade do que marcou no último clube e com dez partidas a menos.

Além do número de tentos em si, o caráter decisivo também chama a atenção já que, nos confrontos com Cruzeiro, Ponte Preta e Sport, ele marcou os tentos que deram o triunfo (Cruzeiro e Sport) além da assistência para um dos tentos no 2 a 1 diante da equipe paulista.

Lance!
Publicidade
Publicidade