0

Drugovich brilha com volta impecável e garante pole-position da F2 em Silverstone

Felipe Drugovich brilhou na tarde desta sexta-feira e, com grande volta, assegurou sua primeira pole-position na F2 em corridas principais. Callum Ilott vai dividir a primeira fila, enquanto Mick Schumacher vai largar em terceiro

31 jul 2020
13h37
atualizado às 14h25
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Felipe Drugovich conquistou sua primeira pole-position em corridas principais na F2
Felipe Drugovich conquistou sua primeira pole-position em corridas principais na F2
Foto: Getty Images/F2 / Grande Prêmio

Felipe Drugovich alcançou outro grande feito em sua ainda curta trajetória na Fórmula 2. Com uma ótima volta na tarde desta sexta-feira (31), em Silverstone, o piloto da MP Motorsport alcançou a pole-position da corrida 1 da etapa da Inglaterra, a quarta do campeonato. O paranaense de Maringá marcou 1min39s527 na sua melhor volta e superou em mais de 0s1 Callum Ilott, da UNI-Virtuosi. Destaque também para Mick Schumacher, piloto da Prema, que fechou o top-3 do grid de largada.

Christian Lundgaard, dinamarquês que defende a ART, vai largar lado a lado com Schumacher em Silverstone, enquanto Nikita Mazepin, da Hitech, abre a terceira fila. Jack Aitken, da Campos, que chegou a ocupar a liderança provisória na classificação, obteve o sexto melhor tempo.

Jehan Daruvala, da Carlin, que chegou a despontar como um dos favoritos à pole, foi o sétimo. O indiano foi seguido por Guanyu Zhou, companheiro de equipe de Ilott na UNI-Virtuosi, enquanto Yuki Tsunoda, que abriu a sessão na frente, foi apenas o nono colocado. Louis Delétraz, da Charouz, foi o décimo.

Felipe Drugovich alcançou o feito de marcar a pole-position da F2 em Silverstone nesta sexta-feira
Felipe Drugovich alcançou o feito de marcar a pole-position da F2 em Silverstone nesta sexta-feira
Foto: F2/Twitter / Grande Prêmio

Pedro Piquet, também da Charouz, foi o 14º colocado, enquanto Guilherme Samaia, da Campos, fecha o grid de 22 carros na Fórmula 2.

A corrida 1 da Fórmula 2 em Silverstone está marcada para 11h40 (horário de Brasília) deste sábado e vai ter transmissão ao vivo pelo canal da Fórmula 1 no YouTube.

Saiba como foi o treino classificatório da etapa da Inglaterra da F2

Os primeiros minutos da sessão tiveram como protagonista o japonês Yuki Tsunoda, pupilo da Red Bull e piloto da Carlin. Mas quem chegava à definição do grid de largada em boa condição era Felipe Drugovich, terceiro colocado no treino livre da manhã, só atrás de Tsunoda e o companheiro de equipe do japonês, o indiano Jehan Daruvala.

Tsunoda chegou a ser superado por Louis Delétraz, da Charouz, na primeira parte da classificação, mas retomou a ponta ao registrar 1min40s216. Até que Jack Aitken, companheiro de equipe de Guilherme Samaia na Campos, desbancou o nipônico. O inglês de origem coreana cravou 1min40s211, apenas 0s005 mais rápido que Yuki.

Com a melhora nos tempos, Aitken foi superado por outros dois pilotos: Daruvala, que tomou a liderança com 1min40s140, e Christian Lundgaard, da ART Grand Prix, somente 0s056 mais lento que o indiano.

Na primeira metade da sessão, Drugovich era o brasileiro melhor colocado e vinha em oitavo com a MP Motorsport, enquanto Pedro Piquet aparecia em P12 com o carro da Charouz e Guilherme Samaia era o 21º. Em último, Roy Nissany, da Trident, rodava com o seu carro em alta velocidade e, por muito pouco, não provocou um acidente mais sério. Antes, o israelense quase se chocou com Mick Schumacher, da Prema.

Com cerca de 10 minutos para o fim da sessão, os pilotos voltaram à pista para as tentativas finais de volta rápida. Antes, chamava a atenção a posição do atual líder do campeonato, Robert Shwartzman. O russo aparecia somente em 13º com o carro #21 equipe da Prema.

Na volta de aquecimento dos pneus, Shwartzman fez o zigue-zague e provocou situação de perigo para Sean Gelael, da DAMS, que vinha logo atrás. O incidente foi investigado pela direção de prova.

Felipe Drugovich tirou um coelho da cartola e levou a pole-position em Silverstone
Felipe Drugovich tirou um coelho da cartola e levou a pole-position em Silverstone
Foto: Reprodução/TV / Grande Prêmio

Logo em seguida, Felipe Drugovich tomou a pole provisória com uma grande volta feita em 1min39s527 e foi pouco mais de 0s1 mais rápido que Callum Ilott, da UNI-Virtuosi. Nikita Mazepin, da Hitech, melhorou seu tempo, mas também não conseguiu superar o brasileiro, subindo assim para terceiro. O russo, no entanto, foi batido por Schumacher, que avançou ao top-3.

Daí em diante, restaram menos de cinco minutos para que os concorrentes diretos pudessem tentar superar o paranaense e garantir a pole. Mas ninguém conseguiu alcançar Drugovich, que, assim, alcançou sua primeira pole-position em corridas principais na Fórmula 2.

Fórmula 2 2020, Silverstone, corrida 1, grid de largada:

1 F DRUGOVICH MP  1:39.527  
2 C ILOTT UNI-Virtuosi 1:39.666 +0.139
3 M SCHUMACHER Prema 1:39.761 +0.234
4 C LUNDGAARD ART 1:39.846 +0.319
5 N MAZEPIN Hitech 1:39.963 +0.436
6 J AITKEN Campos 1:40.082 +0.555
7 J DARUVALA Carlin 1:40.140 +0.613
8 G ZHOU UNI-Virtuosi 1:40.180 +0.653
9 Y TSUNODA Carlin 1:40.216 +0.689
10 L DELÉTRAZ Charouz 1:40.324 +0.797
11 N MATSUSHITA MP 1:40.347 +0.820
12 D TICKTUM DAMS 1:40.396 +0.869
13 L GHIOTTO Hitech 1:40.421 +0.894
14 P PIQUET Charouz 1:40.443 +0.916
15 M ARMSTRONG ART 1:40.448 +0.921
16 S GELAEL DAMS 1:40.476 +0.949
17 M SATO Trident 1:40.958 +1.431
18 R SHWARTZMAN Prema 1:41.047 +1.520
19 R NISSANY Trident 1:41.052 +1.525
20 G ALESI HWA 1:41.274 +1.747
21 A MARKELOV HWA 1:41.342 +1.815
22 G SAMAIA Campos 1:42.204 +2.443

Veja também:

Duelo entre Fluminense e Palmeiras promete ser o destaque da rodada do meio de semana do Brasileiro
Grande Prêmio
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade