1 evento ao vivo

Petraglia é internado às vésperas da final da Copa do Brasil

Presidente do Conselho Deliberativo do Athletico Paranaense precisou passar por uma 'desobstrução de aderências' intestinais

18 set 2019
10h05
atualizado às 10h35
  • separator
  • 0
  • comentários

O presidente do Conselho Deliberativo do Athletico Paranaense e ex-presidente do clube, Mario Celso Petraglia, de 75 anos, foi internado nesta terça-feira para fazer uma cirurgia não programada de 'desobstrução de aderências' intestinais, segundo informou o Hospital Nossa Senhora das Graças, de Curitiba.

Mário Celso Petraglia, presidente do Conselho Deliberativo do Athletico Paranaense
Mário Celso Petraglia, presidente do Conselho Deliberativo do Athletico Paranaense
Foto: reprodução/ Youtube Athletico Paranaense / Estadão Conteúdo

Por conta do procedimento, o cartola não deve estar nas arquibancadas o Beira-Rio para acompanhar a decisão da Copa do Brasil, nesta quarta-feira, entre Internacional x Athletico-PR. O time paranaense venceu a primeira partida por 1 a 0, na semana passada, e joga por empate na partida começa às 21h30 em Porto Alegre. Os gaúchos erguerão a taça caso vençam por dois ou mais gols de diferença. Vitória gaúcha por um gol levará a decisão para os pênaltis.

Homem forte na política do Athletico Paranaense desde 1995, Petraglia teve participação em vários títulos da equipe como: Campeonato Brasileiro (2001), a Série B nacional (1995), a Seletiva da Libertadores (1999) e nove títulos estaduais. Além das últimas duas conquistas da equipe, a Copa Sul-Americana (2018) e a Levain Cup (2019).

Segundo nota divulgada pelo hospital, o estado de saúde do dirigente é bom. Ele está lúcido, conversando e 'apresenta-se sem complicação clínico cirúrgica, mantendo todos os sinais vitais dentro da normalidade'.

NOTA

"O Hospital Nossa Senhora das Graças, por meio de sua Assessoria de Imprensa, informa que: O paciente, Mario Celso Petraglia, Presidente do Conselho Deliberativo do Athletico, internou no Hospital Nossa Senhora das Graças, na manhã de hoje (17/09/2019), e foi submetido a procedimento cirúrgico, que transcorreu sem qualquer intercorrência clínica. O pós-operatório apresenta-se sem complicação clínico cirúrgica, mantendo todos os sinais vitais dentro da normalidade. O paciente permanece em segmento clínico lúcido, comunicativo e mantêm-se em bom estado geral."

Veja também:

 

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade