Terra Agora

Medidas do governo Lula e ataque do Irã explicam queda na bolsa e alta do dólar, diz especialista

18 abr 2024 - 19h44
(atualizado em 8/5/2024 às 15h28)
Compartilhar

Nesta semana, parte dos resultados no mercado financeiro foram abalados pelo ataque do Irã a Israel, ocorrido no último sábado, 13. O petróleo não caiu como se esperava, o dólar subiu e a bolsa brasileira despencou. Para o jornalista Marcos de Vasconcellos, CEO do Monitor do Mercado, no entanto, não é possível jogar toda a culpa da queda da B3 no conflito internacional. Em entrevista ao jornalista Cazé Pecini, no programa Terra Agora, ele explica que houve, sim, uma retirada de dinheiro do mercado brasileiro por parte de estrangeiros, que preferem investir em mercados mais seguros durante uma situação em que há um conflito iminente. "Isso efetivamente tira dinheiro da bolsa. Ela afundou e chegou aos 123 mil pontos, que a gente não via há tempos. Mas também tem uma insegurança com o governo brasileiro que aconteceu essa semana. Ele levou para 2026 a meta de ficar no zero a zero fiscal, ou seja, de gastar menos do que arrecada", afirma. Essa mudança na meta fiscal do governo produziria insegurança ao investidor estrangeiro, "em um momento em que o mundo já está inseguro", resume Vasconcellos.

Fonte: Cazé Pecini
Publicidade
Publicidade