2 eventos ao vivo

Quase metade das famílias paulistanas têm dívidas, diz PEIC

De acordo com a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC),proporção chegou a 49,9%

12 fev 2019
17h39
  • separator
  • 0
  • comentários

A proporção de famílias endividadas na capital paulista em janeiro chegou a 49,9% (ou 1,95 milhão de lares) segundo Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC), realizada mensalmente pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) e divulgada hoje (12). 

O resultado é 3,4 pontos percentuais menor do que o registrado no mesmo mês de 2018 - uma redução de 120 mil famílias. No ano passado, em janeiro, 53,3% das famílias estavam endividadas. 

Saiba como pagar dívidas com o 13º
Saiba como pagar dívidas com o 13º
Foto: DouceFleur / iStock

"Algumas famílias estão tentando evitar comprometer as suas finanças com dívida. Houve uma melhora relativa neste primeiro mês em relação ao que foi visto ao longo do ano passado, quando as taxas de endividamento e inadimplência estavam ainda mais elevadas. No entanto, ainda há uma grande parcela com dificuldade de cumprir com os compromissos feitos", destacou a entidade em nota.

A taxa de inadimplência - quando a família não consegue quitar até o vencimento a dívida adquirida - teve aumento de 0,9 ponto porcentual em relação a janeiro de 2018. Atualmente, são 731,8 mil lares com contas em  atraso. Também houve aumento no tempo médio de inadimplência, passando de 65,4 dias, em janeiro de 2018, para 66,5 dias em janeiro de 2019.

Os tipos de dívidas mais frequentes são o cartão de crédito, com 71% em janeiro (74,7% do mesmo mês do ano passado). Na segunda posição, os carnês, com 12,7%; financiamento de carro (12%); financiamento de casa (11,2%), e crédito pessoal (10,2%).

A PEIC é apurada mensalmente desde fevereiro de 2004. Foram entrevistados, aproximadamente, 2,2 mil consumidores na capital paulista.

Veja também:

Ursos polares invadem arquipélago na Rússia em busca de comida
Agência Brasil Agência Brasil
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade