5 eventos ao vivo

Presidente do BC do Japão mantém visão otimista sobre economia

17 jul 2019
09h52
atualizado às 09h59
  • separator
  • 0
  • comentários

O presidente do banco central japonês, Haruhiko Kuroda, afirmou nesta quarta-feira que o Banco do Japão vai debater a política monetária neste mês com base em uma visão de que a economia está sustentando uma recuperação moderada, sinalizando que não vê necessidade iminente de ampliar o estímulo.

Presidente do banco central japonês, Haruhiko Kuroda
20/06/2019
REUTERS/Kim Kyung-Hoon
Presidente do banco central japonês, Haruhiko Kuroda 20/06/2019 REUTERS/Kim Kyung-Hoon
Foto: Reuters

Mas Kuroda reiterou a prontidão do banco em adotar suporte monetário se riscos internacionais, como políticas de protecionismo e tensões geopolíticos, prejudicarem a trajetória na direção de alcançar a meta de inflação de 2%.

"Estamos vendo alguma fraqueza nas exportações e produção, mas não há mudanças na visão de que a economia do Japão está crescendo moderadamente", disse Kuroda a repórteres ao chegar à cidade francesa de Chantilly para encontro dos líderes de Finanças do G7.

A economia global está sutentando o crescimento moderado apesar de vários riscos, enquanto os gastos de capital no Japão permanecem "bastante firmes", disse ele.

"A diretoria vai debater a política monetária neste mês com base nessa visão", disse Kuroda. "Dito isso, vamos valiar imediatamente medidas adicionais de afrouxamento monetário se a economia perder força para atingir nossa meta de inflação".

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade