1 evento ao vivo

Operadora de grãos Gavilon dispensa executivos nos EUA, dizem fontes

11 set 2019
18h45
atualizado às 19h51
  • separator
  • 0
  • comentários

A operadora de commodities norte-americana Gavilon, pertencente à japonesa Marubeni, dispensou ao menos dois executivos seniores, segundo duas pessoas familiarizadas ao assunto, em meio a uma reorganização que já afetou a unidade da empresa no Brasil neste ano.

Sede da Marubeni, em Tóquio 
29/05/2019
REUTERS/Yuriko Nakao
Sede da Marubeni, em Tóquio 29/05/2019 REUTERS/Yuriko Nakao
Foto: Reuters

A mudança na Gavilon é a mais recente correção de curso na região para a Marubeni, uma das diversas comercializadoras de grãos norte-americanos que enfrentam dificuldades devido à guerra comercial dos Estados Unidos com a China e às históricas enchentes em Estados do Meio-Oeste.

A Columbia Grain Trading, outra unidade da Marubeni nos EUA, interrompeu as vendas de soja para a China em julho por causa das perdas causadas pela guerra comercial. Acredita-se que a suspensão visava reduzir a exposição da Marubeni ao risco.

Kevin Lewis, diretor financeiro da Gavilon nos EUA, e Tasso Sideris, vice-presidente e diretor geral de Agricultura Global, foram dispensados pela empresa, disseram as fontes, que pediram por anonimato pois o assunto não é público.

As razões para as saídas não foram imediatamente esclarecidas. Lewis e Sideris não responderam a pedidos por comentários enviados via LinkedIn.

O escritório da Gavilon nos EUA e o da Marubeni no Japão se recusaram a comentar sobre as alterações.

Uma das fontes disse que Jeremy Koeppe, vice-presidente de Finanças, também deixou a companhia. A outra fonte afirmou que outros executivos também saíram, mas não forneceu detalhes.

Koeppe não respondeu a um pedido por comentários no LinkedIn.

Em maio, a Gavilon do Brasil dispensou três executivos, incluindo Fabrício Mazaia, gerente-geral da empresa no país, que segundo as fontes reportava-se a Tasso Sideris.

Mazaia disse à Reuters nesta quarta-feira que sua saída não teve nenhuma relação com a dispensa dos outros executivos, mas recusou-se a elaborar.

Em abril, Steven Zehr foi nomeado CEO do Gavilon Group, sendo o terceiro líder da empresa em pouco mais de três anos.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade