PUBLICIDADE

MRV mantém previsão de atingir 35% de margem bruta; vê custos em tendência de queda

1 mar 2024 - 11h55
(atualizado às 13h46)
Compartilhar
Exibir comentários

A MRV&Co manteve nesta sexta-feira expectativa de alcançar uma margem bruta de 35% no segmento de incorporação, conforme persiste a tendência de queda de custos e com unidades da empresa, como Luggo, Resia e Urba, melhorando resultados no atual ciclo de queda de juros, afirmaram executivos da companhia nesta sexta-feira.

"Temos convicção" sobre o atingimento das projeções "num futuro próximo", afirmou o co-presidente da companhia, Eduardo Fischer, em conferência com analistas após a publicação do resultado de quarto trimestre na noite da véspera.

Em 2023, a margem bruta da MRV Incorporação foi de 22,7%, avançando sobre 19,3% no ano anterior. As metas da empresa incluem ainda uma geração de caixa de 1,5 bilhão de reais ante um consumo no ano passado de 201,2 milhões de reais, minimizado por um desempenho positivo no último trimestre.

Segundo Fischer, a tendência de queda nos custos de construção iniciada no segundo semestre de 2023 continua em 2024. "Estamos vendo redução gradual nos preços", afirmou.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade