3 eventos ao vivo

Fabricantes buscam transformar jeans em leggings

Mulheres estão preferindo usar calças mais confortáveis ao invés do tradicional jeans

26 ago 2014
17h16
atualizado às 17h16
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Foto: Getty Images

As fabricantes americanas de jeans estão buscando mudar as calças jeans femininas, porque as mulheres estão trocando os tradicionais jeans por leggings e calças de ioga. Empresas como Levi Strauss e a VF Corporation, dona das marcas Lee, Wrangler e 7 For All Mankind, estão lutando para adicionar mais stretch em seus tecidos, segundo reportou o Huffington Post.

As vendas de jeans nos Estados Unidos caíram 6% desde o ano passado, de acordo com dados da firma de análises NPD Group, e as calças femininas ainda tiveram uma queda maior, de 7%.

A Levi Strauss, por exemplo, lançou uma coleção de jeans que usa a tecnologia “Liquid Shaping”, ou “modelagem líquida”, em tradução livre. Trata-se de um revestimento flexível aplicado dentro das calças, que supostamente limita a elasticidade do tecido em algumas áreas para deixar as coxas da mulher mais magras e vestir de forma mais confortável.

Já a Lee lançou um trio de jeans flexíveis para mulheres: as linhas Heavenly Touch, Curvy Fit e Easy Fit usam um tecido mais macio, mas que ainda se parece com um jeans regular.

O movimento que se distancia do jeans é chamado pela indústria de “athleisure”, uma mistura das palavras “atlético” e “lazer” em inglês, que quer dar a ideia de roupas flexíveis para usar fora da academia.

Lojas como Gap e Old Navy também estão buscando esse conceito, enquanto tradicionais marcas esportivas, como Adidas e Nike, querem inovar em tecido e design para não perder seus clientes para companhias de outras áreas da indústria.

Quer abrir uma franquia? Veja quanto custa cada uma Quer abrir uma franquia? Veja quanto custa cada uma

Veja também:

BC corta Selic para 3% ao ano
Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade