PUBLICIDADE

Como elaborar equipamentos em benefício do meio ambiente

Um estudo aponta que quase 89% dos millennials querem marcas movidas por um propósito maior.

11 mai 2022 03h00
ver comentários
Publicidade
Akihide Sayama, da Fujitsu General do Brasil
Akihide Sayama, da Fujitsu General do Brasil
Foto: Reprodução

Pensar em um futuro com mais qualidade de vida e com um ambiente mais saudável é um dever não somente da população, mas também dos negócios corporativos. Hoje, algumas empresas já apostam em equipamentos de última geração com tecnologia sustentável, pois os clientes estão cada vez mais exigentes e valorizando marcas que trabalham em prol de um propósito. 

De acordo com o levantamento feito pela EIU (Economist Intelligence Unit), a pedido da WWF (World Wildlife Fund), as pesquisas na internet por produtos sustentáveis tiveram crescimento de 71% nos últimos cinco anos. Englobando mais de 54 países, o estudo aponta ainda que, no Brasil, os tuítes relacionados ao assunto aumentaram 82% no período analisado e o volume de notícias cresceu 60%.

A Fujitsu General do Brasil, marca tradicional dos brasileiros, reconhece a importância de levar até os seus clientes uma experiência única, ao proporcionar um ambiente mais seguro e saudável, pensando no bem-estar de toda uma sociedade. Tanto que o Grupo Fujitsu General elaborou uma nova política para a “Gestão Sustentável” fundamentada sobre 3 pilares: Harmonia com o Planeta, Contribuição para a Sociedade e Empatia com os Colaboradores.

Nelas são apresentadas algumas medidas tais como: reduzir as emissões de gases de efeito estufa convertendo a eletricidade usada em suas atividades comerciais para energia 100% renovável e com o desafio tornar-se uma empresa “Neutra em Carbono” até 2025.

Como elaborar equipamentos em benefício do meio ambiente:

Conforme dados coletados em pesquisa da Nielsen, a sustentabilidade já é uma das três maiores preocupações para 32% dos brasileiros na hora de comprar. Empresas que prezam por realizar ações sustentáveis que vão impactar de forma favorável à saúde do planeta e o bem-estar de todos, naturalmente, apresentam um valor maior aos consumidores por serem marcas movidas por um propósito maior.

A Fujitsu General acaba de lançar os novos condicionadores de ar em fluido R-32: Teto e Cassete, que tem como diferencial a sustentabilidade, a tecnologia e uma melhor eficiência energética. Com o fluido R-32 os equipamentos reduzem em 75% o efeito sobre o aquecimento global (GWP - Potencial de Aquecimento Global), além de proporcionar economia de energia devido a menor exigência de uso da eletricidade.

Os produtos também visam eliminar as impurezas do ar por meio dos filtros desodorizantes de íon com longa duração, contribuindo para a vida de muitas famílias brasileiras, seja no ambiente de trabalho ou em residências. É possível ter uma empresa rentável que preze pela saúde de seus clientes contribuindo através de simples ações.

(*) Akihide Sayama é presidente da Fujitsu General do Brasil, empresa que está há 42 anos no mercado brasileiro.

Homework Homework
Publicidade
Publicidade