0

Lucro da Volkswagen cresce 16% com vendas de marcas de luxo

Audi e Porsche respondem por cerca de dois terços do lucro da Volkswagen antes de juros e impostos

30 out 2014
12h55
atualizado às 14h47
  • separator
  • 0
  • comentários

A Volkswagen teve lucro operacional maior que o esperado no terceiro trimestre, impulsionado por compras de modelos das marcas de luxo Audi e Porsche na Europa e na China.

<p>Audi S3 Sedan; venda trimestral da marca atingiu 429.250</p>
Audi S3 Sedan; venda trimestral da marca atingiu 429.250
Foto: Peter Fussy / Terra

O lucro do maior grupo automotivo europeu saltou 16%, a 3,23 bilhões de euros (US$ 4,07 bilhões), disse a montadora nesta quinta-feira, superando a projeção mais otimista de 3,09 bilhões de euros em pesquisa da Reuters com analistas.

Sustentada por uma recuperação em importantes mercados europeus, o grupo alemão manteve sua previsão para 2014, de margem de lucro operacional entre 5,5% e 6,5%, após ter alcançado 5,9% no ano anterior.

A companhia também reiterou a projeção de receita, que prevê um número 3% acima ou abaixo da receita recorde do ano passado, de 197 bilhões de euros. As receitas trimestrais cresceram 4,1% para 48,9 bilhões de euros, disse a Volkswagen.

As vendas de veículos do grupo no trimestre cresceram 4,1%, para um recorde de 2,43 milhões de automóveis, com o crescimento do volume na China e na Europa compensando quedas nas Américas e mantendo a companhia a caminho de atingir a meta de vender 10 milhões de carros em 2014.

As vendas trimestrais de veículos Audi e Porsche, que respondem por cerca de dois terços do lucro da Volkswagen antes de juros e impostos (Ebit), cresceram 7,2% e 25%, respectivamente, para 429.250 e 47.800 carros.

No entanto, o lucro operacional caiu na marca principal da montadora, maior unidade da companhia em vendas e receita, conforme a divisão de mercado de populares enfrenta vendas estagnadas, altos custos fixos e gastos em tecnologia, com a plataforma de produção modular da Volkswagen, chamada MQB.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade