PUBLICIDADE

Bolsa Família: adicional de R$ 150 por criança começa hoje

Atualmente, programa tem valor médio de R$ 669,93 por família; estima-se que 8,9 milhões de crianças comecem a receber o adicional

20 mar 2023 - 12h54
Compartilhar
Exibir comentários
Famílias com crianças de 0 a 7 anos incompletos poderão receber R$ 150 a mais por pessoa no Bolsa Família
Famílias com crianças de 0 a 7 anos incompletos poderão receber R$ 150 a mais por pessoa no Bolsa Família
Foto: Igor Alecsander/iStock

A parcela de março do Bolsa Família, com novas regras, que permitem o acréscimo de R$ 150 por criança de 0 a 7 anos incompletos, começa a ser paga nesta segunda-feira (20), em todo o Brasil. O pagamento está previsto para ser concluído no dia 31 de março e segue a ordem pelo número final do Número de Identificação Social (NIS).

Nesta segunda-feira, 20, receberão os beneficiários com o NIS final 1.  Atualmente, o Bolsa Família tem valor médio de R$ 669,93 por família. Com as mudanças feitas no programa, estima-se que 8,9 milhões de crianças comecem a receber o adicional de R$ 150. 

O governo prevê que, a partir de junho, gestantes passem a ter um acréscimo de R$ 50 no pagamento, mesmo valor que será pago para famílias com crianças e adolescentes entre 7 e 18 anos (por pessoa que tenha esse intervalo de idade).

De acordo com o governo federal, cerca de 900 mil pessoas estão na fila para o cadastro no Bolsa Família, situação, que, segundo previsão do Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome, deve ser normalizada até o fim do ano.

Como se inscrever no Bolsa Família?

O primeiro passo é estar cadastrado no CadÚnico e assim estar apto a ser selecionado para programas assistenciais do governo, dentro dos critérios financeiros de cada um deles. Estando apta, a família deve procurar o Cras (Centro de Referência em Assistência Social) mais próximo.

Para se cadastrar no CadÚnico, é necessário ser responsável pela família (com pelo menos 16 anos). É necessário responder às perguntas do cadastro e apresentar os seguintes documentos, de todos os integrantes da família: certidão de nascimento, certidão de casamento, Cadastro de Pessoa Física (CPF), RG, Carteira de Trabalho, Título de Eleitor e comprovante atual de residência. No caso de indígenas, deve ser apresentada a certidão Administrativa de Nascimento do Indígena (Rani).

Calendário de março do Bolsa Família

NIS final 120 de março
NIS final 221 de março
NIS final 322 de março
NIS final 423 de março
NIS final 524 de março
NIS final 627 de março
NIS final 728 de março
NIS final 829 de março
NIS final 930 de março
NIS final 1031 de março
Fonte: Vagner Magalhães
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Seu Terra












Publicidade