PUBLICIDADE

Esqueça a onça. O público está apaixonado é por Mary Bru

Maria Bruaca ganha apelido e muitos fãs ao roubar a cena com o clichê do empoderamento feminino associado ao humor

28 mai 2022 11h46
ver comentários
Publicidade
Maria Bruaca conquistou a simpatia dos telespectadores
Maria Bruaca conquistou a simpatia dos telespectadores
Foto: Reprodução/TV

Exibida no capítulo 51 de ‘Pantanal’, a cena da “fivela de respeito” produziu mais alvoroço nas redes sociais do que Juma (Alanis Guillen) virando onça e o Velho do Rio (Osmar Prado) se transformando em sucuri. A piada nem é nova, mas funcionou.

Mérito do humor brejeiro no texto do adaptador Bruno Luperi e da atuação inspirada de Isabel Teixeira e Juliano Cazarré. Como Maria Bruaca e Alcides, eles se tornaram o casal mais querido da novela mesmo sem ainda ter cedido ao desejo. Os atores têm a tal química.

Nas redes sociais, a dona de casa maltratada pelo marido infiel ganhou o apelido de Mary Bru e uma legião de admiradores, os ‘bruaquers’. Estão todos fascinados por sua libertação do machismo doméstico e a busca pela alegria de viver e o prazer sexual.

O clichê do empoderamento feminino sempre gera repercussão positiva na teledramaturgia quando usado de maneira criativa. O grito de independência de Bruaca lembra o que aconteceu com Tonha (a saudosa Yoná Magalhães), em ‘Tieta’, 33 anos atrás.

As duas personagens sofreram horrores nas mãos de homens odiosos. Renunciaram à vaidade para lidar com a pia, o fogão e o tanque. Até que uma circunstância produziu uma vontade de mudar de vida e elas se redescobriram bonitas, sensuais e capazes de amar e ser amadas.

Isabel Teixeira está bastante confortável na pele de Maria. A atriz fez com leveza a transição dos momentos dramáticos, quando sua personagem era alvo de rejeição, para a fase cômica, de enfrentamento de Tenório e do flerte com Alcides. Tornou-se a heroína às avessas de ‘Pantanal’.

A atriz graduada na Escola de Arte Dramática da USP é uma novata em televisão. Seu primeiro papel de destaque foi a médica Jane, amiga e vítima da vilã Thelma (Adriana Esteves) em ‘Amor de Mãe’, em 2020.

Ela construiu carreira sólida baseada no teatro. Aos 48 anos, coleciona trabalhos relevantes nos palcos e vários prêmios. Além de atuar, escreve, dirige e faz pesquisas sobre seu ofício.

No momento, Isabel Teixeira pode ser vista também no Globoplay. Integra o elenco da série de suspense sobrenatural ‘Desalma’, no papel da dona de casa Anele Burko.

A artista é filha do cantor, compositor e violeiro Renato Teixeira e irmã do ator Chico Teixeira. Os dois fizeram participação em ‘Pantanal’ vivendo o mesmo personagem, o peão Quim, em fases diferentes da novela.

Sala de TV Blog Sala de TV - Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. Qualquer dúvida ou reclamação, favor contatá-lo diretamente no e-mail beniciojeff@gmail.com.
Publicidade
Publicidade