PUBLICIDADE

É um avanço ver jornalistas negros noticiando racismo na TV

Denúncia de discriminação contra um cliente de supermercado ressalta a importância da representatividade racial nos telejornais

10 ago 2021 09h00
ver comentários
Publicidade

“A gente começa, infelizmente, falando sobre o racismo nosso de cada dia que, felizmente, está sendo cada vez mais filmado e denunciado para que não seja tolerado”, disse Maju Coutinho na abertura do ‘Jornal Hoje’ de segunda-feira (9).

Maju Coutinho, Luciana Barreto e Marcus Vinícius Anjos ao noticiarem o caso no mercado de Limeira: importante representatividade na TV
Maju Coutinho, Luciana Barreto e Marcus Vinícius Anjos ao noticiarem o caso no mercado de Limeira: importante representatividade na TV
Foto: Reproduções/Globo/CNN Brasil/GloboNews

A âncora se referia ao caso do homem negro abordado por seguranças em um supermercado de Limeira, interior paulista. Acuado ao se ver sob suspeita, ele tirou a roupa para provar que não havia furtado nenhum produto. Sentindo-se humilhado, chorou diante de funcionários do estabelecimento e outros clientes.

O episódio de flagrante racismo estrutural foi amplamente repercutido nos telejornais. Alguns dos jornalistas que deram a notícia diante das câmeras também são negros, assim como o acusado.

No ‘Edição das 18h’, da GloboNews, coube ao repórter Marcus Vinícius Anjos transmitir detalhes do fato. A apresentadora Luciana Barreto foi quem leu a informação no ‘CNN Novo Dia’ desta terça-feira (10).

A pele escura de Maju, Marcus e Luciana raramente era vista entre âncoras e repórteres de TV até pouco tempo. Apesar de pardos e pretos serem mais de 50% da população do País, de acordo com o censo do IBGE, os negros sempre foram exceções no telejornalismo. Os precursores Gloria Maria, Dulcinéia Novais e Heraldo Pereira eram referências isoladas.

Hoje, as emissoras buscam ampliar a diversidade étnica. Negros e negras ainda são minoria no principal veículo de comunicação de massa, porém, sua presença tem imensurável valor sociológico e poder de influência, especialmente sobre as novas gerações.

A televisão sempre pretendeu ser um reflexo do povo, então deve refletir todos os tons de pele de seus telespectadores.
 

Sala de TV Blog Sala de TV - Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. Qualquer dúvida ou reclamação, favor contatá-lo diretamente no e-mail beniciojeff@gmail.com.
Publicidade
Publicidade