0

Triste ver um ator de 87 anos se humilhar por trabalho na TV

Stênio Garcia representa um grupo duramente afetado tanto pela nova política de contratos da Globo como pela Codiv-19

20 mar 2020
12h09
  • separator
  • 0
  • comentários

Expor despesas, dívidas e prejuízos de investimentos foi a saída encontrada por Stênio Garcia, às vésperas de completar 88 anos, para tentar sensibilizar a cúpula da Globo. O contrato do veterano ator com o canal não seria renovado e, a partir do final deste mês, ele teria severa redução de ganhos e poderia ficar sem o plano de saúde que cobre o dispendioso tratamento de doenças crônicas — suporte fundamental no caso de um tratamento de codiv-19.

Stênio Garcia precisou contar seu drama na mídia para garantir a permanência na TV ...
Stênio Garcia precisou contar seu drama na mídia para garantir a permanência na TV ...
Foto: Divulgação


Com 54 anos de atuação em TV, sendo 47 deles na Globo, o artista recorreu à mídia para divulgar sua situação delicada. No primeiro momento, a emissora da família Marinho não reverteu a decisão de dispensá-lo. Stênio acabou salvo pela autora Gloria Perez, com quem trabalhou em várias novelas de sucesso. Ela pediu que ator tenha seu vínculo mantido para que integre o elenco de uma produção agendada para 2021.


Após momentos dramáticos compartilhados na imprensa, quando praticamente se humilhou para não ficar desempregado e em situação de risco, Stênio Garcia — o eterno Bino de Carga Pesada, o inesquecível Corcoran de Que Rei Sou Eu?, o sábio tio Ali de O Clone — pode se tranquilizar, ao contrário de tantos outros artistas excluídos do quadro de funcionários da Globo. A mais rica e influente TV do País corta gastos para melhorar o balanço financeiro. Reduziu drasticamente o número de atores e atrizes exclusivos, que recebem salário mesmo quando não estão no ar.

Ao ser revelada, a realidade econômica instável de Stênio Garcia surpreendeu fãs, colegas de profissão e jornalistas. Imaginava-se que ele, por conta de sua bem-sucedida carreira, gozava de uma vida tranquila, com boa reserva de dinheiro. O ator revelou gastar a totalidade da aposentadoria de 5 mil reais em remédios, além de contribuir financeiramente com filhos e netos. A mulher dele, a atriz e advogada Marilene Saade, também tem problemas de saúde e é sua dependente. Para piorar o quadro, o artista perdeu um investimento de R$ 150 mil feito em imóveis na planta. Está na corda bamba, assim como milhões de brasileiros anônimos.

A superexposição voluntária de Stênio Garcia para conseguir ajuda comove, mas também deprime. Esse exemplo angustiante ajuda a desconstruir a imagem de vida perfeita dos famosos da TV. O público vê apenas o lado glamouroso. Por trás dos sorrisos e flashes há dores, preocupações, boletos, limitações, tristeza. Ele teve sorte de ser resgatado enquanto milhares de artistas estão, neste momento de crise econômica e pandemia global, sem perspectiva de trabalho e pagamento. Triste como um final infeliz de novela.
...

 

Veja também:

Sala de TV Blog Sala de TV - Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. Qualquer dúvida ou reclamação, favor contatá-lo diretamente no e-mail beniciojeff@gmail.com.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade