0
Logo do Blog Sala de TV
Foto: iStock

Blog Sala de TV

Renata Lo Prete poderá assumir o ‘JG’ no lugar de Waack

Substituta oficial, apresentadora é cotada para ser âncora definitiva após escândalo racial com o titular

9 nov 2017
11h22
  • separator
  • comentários

O escândalo de cunho racial protagonizado por William Waack, suscitado pela divulgação de vídeo no qual ele usa algumas vezes o termo ‘preto’ de maneira pejorativa, pode beneficiar uma estrela em ascensão do telejornalismo.

Apresentadora ganhou status e poder em apenas cinco anos na TV
Apresentadora ganhou status e poder em apenas cinco anos na TV
Foto: Divulgação/TV Globo

No caso de o jornalista não retornar ao ‘Jornal da Globo’, o que é bastante provável, Renata Lo Prete encabeça a lista de candidatos a ser o novo âncora titular do telejornal.

Apresentadora do ‘Jornal das 10’, da GloboNews, ela já o substitui em folgas e férias. Na quarta-feira (8), lá estava ela na bancada e, logo no começo da edição, leu o comunicado da Globo a respeito do lamentável episódio com Waack.

Lo Prete, de 53 anos, trocou a ‘Folha de S.Paulo’ pela TV em 2012. Seu elogiado desempenho na cobertura da campanha presidencial de 2014 aumentou seu status.

Tornou-se a âncora de São Paulo do ‘Jornal das 10’, na época comandado por Dony de Nuccio nos estúdios do Rio. Com a transferência dele para o ‘Jornal Hoje’, em julho, a jornalista assumiu o telejornal.

Seu prestígio é tamanho que a atração passou a ser transmitida da capital paulista para que Renata não precisasse se mudar para o Rio.

Boa mediadora, Lo Prete também ocupou o lugar de William Waack várias vezes no ‘GloboNews Painel’, programa que recebe especialistas para discutir temas econômicos e políticos.

Quando surge no ‘Jornal da Globo’, a jornalista exibe um estilo formal. Caso seja oficializada no posto, poderá adotar postura mais descontraída – com direito a ironias ácidas sobre a politicagem –, como se vê no ‘Jornal das 10’.

Veja também

Fonte: Especial para Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade