0

Filho rejeitado de Maradona desabafa: “Eu o perdoei”

Italiano insistiu quase 30 anos para conseguir ser aceito e se sentir amado pelo pai famoso

6 dez 2020
09h42
atualizado às 09h45
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Ainda impactado pelo luto, Diego Sinagra, 34 anos, mais conhecido como Maradona Júnior, concedeu entrevista a colegas da rádio onde trabalha, a CRC, da Itália. Ele nasceu de uma relação extraconjugal do então jogador do Napoli com a empregada da casa onde morava, Cristiana. Maradona já namorava com Claudia Villafañe, que viria a ser sua mulher e mãe de suas filhas Dalma, 33 anos, e Gianinna, 31.

Diego Jr. conseguiu se sentir amado por Maradona apenas às vésperas de completar 30 anos
Diego Jr. conseguiu se sentir amado por Maradona apenas às vésperas de completar 30 anos
Foto: Reprodução

A gravidez e o parto foram acompanhados pela imprensa italiana. Apesar da repercussão, o ídolo do futebol se recusou a reconhecer a paternidade. Diego Sinagra passou a infância e adolescência sendo alvo de desconfiança e bullying por quem não acreditava que ele era filho do astro do Napoli. Apesar da dor emocional, jamais se revoltou contra Maradona e continuou a procurá-lo a fim de estabelecer vínculo emocional.

O primeiro encontro aconteceu apenas em 2003, quando o jovem tinha 17 anos. Ao saber que o jogador estaria na região de Roma para jogar golfe, ele driblou a segurança e ficou cara a cara com o pai. A partir daí, mantiveram uma relação cordial, porém distante. A aproximação efetiva ocorreu somente em 2016, quando Diego Jr. e sua mulher, Nunzia Pennino, visitaram Maradona em Buenos Aires.

“Precisei de 29 anos e meio para recuperar minha relação com meu pai”, disse na entrevista à CRC. “Jamais esquecerei dos cinco anos que vivemos juntos. Nunca quis recriminá-lo pelo passado e guardar rancores inúteis. Eu disse a meu pai que queria construir um futuro juntos, do zero.” Isolado após ser diagnosticado com covid-19, Maradona Jr. lamentou não ter ido ao velório e enterro. “Ele foi embora muito cedo, mas fui feliz no tempo que compartilhamos. Eu o perdoei.”

Acima, Maradona em demonstração de carinho pelo filho antes rejeitado e Diego Jr. na TV argentina; abaixo, momentos do rapaz quando tentou seguir os passos do pai no futebol
Acima, Maradona em demonstração de carinho pelo filho antes rejeitado e Diego Jr. na TV argentina; abaixo, momentos do rapaz quando tentou seguir os passos do pai no futebol
Foto: Reproduções

Morador de Nápoles desde que nasceu, o primogênito do maior ídolo esportivo da Argentina vive em uma casa confortável com a esposa e dois filhos. Trabalha com futebol de areia e participa de programas de rádio. Quando a pandemia permitir, pretende visitar a sepultura de Maradona em um cemitério particular de Bella Vista, cidade nos arredores de Buenos Aires. Diego Jr. se tornou popular entre os argentinos quando participou da competição ‘Bailando por um Sueño’ no canal El Trece, alguns anos atrás.

Veja também:

Coluna de Vídeo: O Terrorismo Esportivo precisa ser combatido
Sala de TV Blog Sala de TV - Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. Qualquer dúvida ou reclamação, favor contatá-lo diretamente no e-mail beniciojeff@gmail.com.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade